Coreia do Norte: primeiras fotos de exercício militar divulgadas

As imagens divulgadas pela agência KCNA mostram fileiras de armas e canhões alinhados em toda a extensão da praia de Wonsan

As primeiras imagens de um exercício militar da Coreia do Norte foram divulgadas nesta quarta-feira. As fotos mostram em detalhes a manobra com fogo real realizada nas proximidades da cidade de Wonsan para marcar o 85º aniversário da fundação do exército de Pyongyang.

Nas imagens, divulgadas pela agência de notícias oficial norte-coreana KCNA é possível ver fileiras de armas e canhões alinhados em toda a extensão de uma praia. Estima-se que entre 300 e 400 peças de artilharia tenham sido utilizadas no exercício. O ditador Kim Jong-un também foi fotografado supervisionando a ação.

O exercício militar norte-coreano acontece num momento de crescente tensão na região. Na segunda-feira, o governo dos Estados Unidos enviou o submarino nuclear USS Michigan para o litoral da Coreia do Sul e nesta quarta sul-coreanos e americanos realizaram seu próprio exercício militar anual no condado de Pocheon, no norte do país asiático.

O governo de Kim Jong-un declarou na terça-feira, em editorial do jornal local Rodong Sinmun, que está pronto para atacar alvos como Washington e Seul sem qualquer aviso prévio.


Fonte: VEJA
AM

Outras Notícias

Tribunal dos EUA ordena corte das cordas vocais de cães que "latem demais"

Um tribunal de Justiça de Oregon, nos Estados Unidos, decidiu que um casal da região deve retirar as cordas vocais de...

Chuck Norris sofreu dois infartos no mesmo dia, diz site

Chuck Norris, de 77 anos, sofreu dois infartos no mesmo dia, diz o site americano Radar Online. Uma fonte afirmou à p...

Porcos são salvos de incêndio e viram churrasco para bombeiros que fizeram resgate

Em fevereiro, um grupo de vinte porcos foi salvo de um incêndio em Milton Lilbourne, no sudoeste da Inglaterra. Seis ...

O Brasil tem o povo que mais reclama no mundo

Nosso povo reclama de tudo! Segundo a International Stress Management Association, mais da metade das reclamações...