PM de Santa Catarina anula prova de concurso para oficiais

A prova do concurso para oficiais da Polícia Militar (PM) de Santa Catarina foi anulada pela corporação. A decisão veio depois de recomendação do Ministério Público Estadual, que apura o vazamento do tema da redação antes da realização do processo seletivo. Neste concurso serão selecionados 70 novos servidores. As provas foram aplicadas nos dias 27 de agosto e 3 de setembro. O salário inicial é de R$ 12,8 mil e só podem concorrer pessoas com ensino superior completo em Direito.

Pelo documento emitido no dia 15 de dezembro, sexta-feira, o subcomandante-geral da PM, coronel Araújo Gomes, informa que a segunda fase será feita novamente em data a ser definida. Os candidatos que quiserem desistir do processo e receber o valor da inscrição devem preencher um formulário de restituição.

A primeira recomendação dada pelo MP e acatada pela corporação para a suspensão das provas foi em setembro deste ano. Depois, em 4 de dezembro, a promotoria reiterou e ratificou a recomendação para anulação da segunda fase. Pelo inquérito civil aberto, foram encontradas provas robustas do vazamento do tema da redação meses antes da realização. Ainda em julho o assunto foi divulgado por meio de WhatsApp para alguns candidatos, segundo o MP.

Em setembro a PM acatou parcialmente a recomendação e suspendeu a disputa. Além da apuração sobre o vazamento e um possível ato de improbidade administrativa, a promotoria instaurou um procedimento de investigação criminal para apurar a origem do vazamento.

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE
A.M

Outras Notícias

Deinfra interdita SC-415 para obras

O Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) interditou na manhã desta terça-feira, 10, a SC-415, no km 85, em...

Estado não responde por criança que morreu afogada em praia sem salva-vidas de SC

A 2ª Câmara de Direito Público do TJ confirmou sentença que desonerou Estado e Município da responsabilidade pelo afo...

Coveiro que sofreu amputação após deixar cair lápide sobre o pé receberá indenização

A 1ª Câmara de Direito Público do TJ reconheceu a responsabilidade parcial de município do litoral norte do Estado pa...

Samu e Bombeiros com atendimento integrado para agilizar serviços

O governador Eduardo Pinho Moreira assinou edital para a integração do serviço de atendimento pré-hospitalar realiz...