Helicóptero Águia faz transporte de paciente e garante transplante de rim em Blumenau

Foi pelos ares que Diva Regina Neto de Oliveira, uma simpática senhora de 63 anos, conseguiu chegar no Hospital Santa Isabel, em Blumenau, - que é referência em doação de órgãos no Estado - , para fazer o transplante de rim na tarde de quarta-feira. A viagem foi longa, mas teve um final feliz. Diva saiu de Criciúma e deveria estar em Blumenau às 18h para a cirurgia, pois era o último prazo para o órgão.

Com um carro emprestado ela iniciou a viagem rumo ao Vale do Itajaí, segundo informação dos policiais que ajudaram no transporte, mas o congestionamento fez com que Diva ficasse presa no trânsito em Biguaçu, no Litoral. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada e escoltou o veículo onde ela estava até o posto de Itapema, onde o Águia 4, helicóptero da Polícia Militar de Lages, a esperava.

Em meio a sorrisos, abraços de agradecimento aos agentes da PRF Diva embarcou na aeronave e chegou a tempo para o transplante de rim que aconteceu no fim da quarta-feira. Segundo a assessoria de imprensa do Hospital Santa Isabel, a paciente se recupera bem da cirurgia. Ela está acordada, lúcida e falante.

https://www.youtube.com/watch?v=Sx5t2fOzc2Y

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE
A.M

Outras Notícias

Pediatras brasileiros criticam investida dos EUA contra amamentação

Após investida dos Estados Unidos para mudar uma resolução da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre defesa e promo...

Comissão da Câmara aprova projeto que flexibiliza uso de agrotóxico

A comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa o Projeto de Lei 6299/02, que trata do registro, fiscalização...

Agentes de saúde de Piratuba participam de capacitação no Hemosc de Joaçaba

Piratuba – Na última semana, a enfermeira Rita de Cássia de Oliveira e 15 agentes comunitárias de saúde de Piratuba p...

Mortes por gripe chegam a 446 em 2018; número dobrou em um ano

O número de mortes relacionadas à gripe dobrou no país em relação aos seis primeiros meses do ano passado. De janeiro...