Celesc permite parcelamento de dívidas pela internet

A modalidade é válida para quem possui faturas em atraso entre R$ 450 e R$ 3 mil.

Consumidores em dívida com a Celesc têm agora uma maneira mais fácil de regularizar a situação com a opção de parcelamento do débito via Agência Web, sem precisar se dirigir até às lojas de atendimento da Empresa. A modalidade é válida para quem possui faturas em atraso entre R$ 450 e R$ 3 mil. As condições do parcelamento online são exatamente as mesmas oferecidas nas lojas físicas: entrada de 33% e parcelamento do saldo em até seis vezes.

Para utilizar o sistema, o consumidor inadimplente deve acessar o site da Empresa, no endereço www.celesc.com.br. Após cadastro na Agência Web, basta clicar sobre Parcelamento, na coluna Minha Conta. O diretor comercial da Empresa, Eduardo Cesconeto, destaca que o cadastro atualizado permite ao consumidor ter acesso às faturas e aos débitos de maneira fácil e segura. "Nos três primeiros meses em que plataforma de cobrança online foi disponibilizada, foram efetuados 1.161 parcelamentos, com um valor médio de R$ 905,20 cada, resultando em mais de R$ 1 milhão renegociados", disse.

Protesto de título
O consumidor que acumular faturas de energia elétrica em atraso estará sujeito, a partir deste mês de janeiro de 2018, a receber uma intimação do tabelionato de sua comarca informando que a dívida irá a protesto. A medida destina-se a provar publicamente o atraso do cliente devedor para resguardar o direito de crédito da Empresa, inibir a rolagem da dívida e agilizar o recebimento dos valores em atraso.

Rafael Zanellato Júnior, responsável pelo gerenciamento da inadimplência na Celesc, explica que, após ser intimado, o consumidor inadimplente terá três dias úteis para quitar a dívida. "O cliente deve estar atento ao processo, porque se não pagar e o título for protestado, o titular da fatura passa a ter seu nome incluído nos bancos de dados de proteção a crédito, como Serasa e SCPC, além de ter as restrições previstas em lei e ser responsável pelo pagamento das custas do processo", informa.

O protesto de títulos referente a faturas em atraso tornou-se possível após convênio firmado entre a Celesc e o Instituto de Estudos de Protestos de Títulos do Brasil – Seção Santa Catarina (IEPTB). De acordo com o Art. 1º da Lei 9.492/97, que define competência e regula desse serviço, protesto é o ato formal e solene pelo qual se prova a inadimplência e o descumprimento de obrigação originada em títulos e outros documentos de dívida.

Para mais informações sobre parcelamento de dívidas online e protesto de título vencido, os interessados podem ligar para o atendimento comercial da Celesc, no telefone 0800 48 0120.



Fonte: RÁDIO BELOS MONTES
A.M

Outras Notícias

Quase um milhão de veículos trafegam com o IPVA atrasado no Rio Grande Sul

De uma arrecadação de R$ 2,581 bilhões projetada para este ano, o calendário de 2018 do Imposto sobre Propriedade de ...

Município receberá mais R$ 150 mil para investir na saúde Ipirense

A Administração Municipal de Ipira recebeu na tarde de segunda-feira (23), a visita do Deputado Estadual César Valdug...

Administração Municipal de Ipira oportuniza contribuintes quanto à regularização de pendências até o final do mês

A Administração de Ipira está oportunizando aos contribuintes com pendências junto ao Município, para se regularizar ...

Justiça determina que INSS inclua trabalho exercido ainda na infância

Uma decisão da Justiça Federal no Rio Grande do Sul tornou possível que brasileiros que começaram a trabalhar ainda n...