Padrasto que abusava de enteada com omissão da mãe é condenado a 15 anos de prisão

A 1ª Câmara Criminal do TJ manteve sentença e determinou a execução imediata da pena imposta a homem que praticou atos libidinosos contra a enteada, menor de 14 anos, e mediante omissão da mãe desta. O crime aconteceu em município do oeste catarinense. A condenação foi de 15 anos de reclusão em regime inicial fechado para o autor do delito, e de seis anos de reclusão em regime semiaberto para a mãe pelo crime de omissão dolosa.

Segundo as declarações da vítima, os abusos aconteceram por diversas vezes durante meses seguidos, e somente cessaram após o registro de boletim de ocorrência. Os autos também evidenciam que a mãe da menina tinha conhecimento dos abusos cometidos por seu companheiro contra a filha e omitiu-se em prestar-lhe auxílio. Em recurso, os réus negaram o crime e alegaram não haver provas suficientes do ocorrido, pois a condenação se deu com base apenas no depoimento da vítima.

Para o desembargador Carlos Alberto Civinski, relator da matéria, a materialidade e a autoria do delito pelo padrasto, bem como a participação por omissão da mãe, foram comprovadas não só pelo depoimento da vítima como também pelo relato de suas irmãs e da assistente social que a atendeu. "O quadro probatório não dá margem a dúvidas de que o apelante de fato abusou sexualmente da vítima, praticando atos libidinosos diversos da conjunção carnal, por diversas vezes, ao longo de cerca de um ano e meio em que viveram sob o mesmo teto, até que a adolescente denunciou os fatos e foi abrigada", apontou o magistrado. A decisão foi unânime

TJSC
A.M

Outras Notícias

Corpo de mulher é encontrado no interior de Jaborá na manhã desta quinta-feira

Um popular acionou a polícia na manhã desta quinta-feira (14), após se deparar com o corpo de uma mulher jogado em me...

Usuário de drogas invade casa de vizinhos e agride casal de idosos em Chapecó

Por volta das 10h15 da manhã desta quarta-feira, 13, na rua Augusto Andrioli, Loteamento Monte Castelo, região sul de...

Discussão por som alto acaba em briga e com carro danificado

A Polícia Militar foi acionada para atender uma briga seguida de disparo de arma de fogo na noite deste sábado (9) no...

Mulher é presa suspeita de incendiar casa de padre

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Camboriú, cumpriu, na manhã deste sábado (09), no Bairro Rio Peq...