Comissão do Senado aprova saque do FGTS para empregado que pedir demissão

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado aprovou nesta quarta-feira (11) um projeto que altera a legislação para permitir que o trabalhador possa sacar o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) caso peça demissão.

Atualmente, nessa hipótese, o trabalhador não pode movimentar a conta a ele vinculada no FGTS, a não ser que haja acordo entre empregado e empregador, o que permite saque de até 80% do saldo.

O projeto foi aprovado em caráter terminativo pela CAS, ou seja, se não houver recurso para análise do plenário do Senado, a proposta seguirá diretamente para análise da Câmara dos Deputados.

Para entrar em vigor, a possibilidade precisa ser aprovada por Senado e Câmara e, depois, ser sancionada pela Presidência da República.


Fonte: G1
A.M

Outras Notícias

Calendário de pagamento do IPVA 2018 termina nesta segunda no RS

O calendário do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor) de 2018 termina nesta segunda-feira, data final...

Tribunal de Justiça de SC lança edital de abertura de concurso para servidores

O Tribunal de Justiça está com novo concurso público aberto para provimento de cargos efetivos no Poder Judiciário de...

Ministério da Agricultura retira suspensão da BRF e anuncia novos mercados para carne catarinense

A partir de agora, os frigoríficos, que estavam suspensos, estão novamente habilitados a vender carne de frango para ...

Lei Estadual da Piscicultura é encaminhada para Assembleia Legislativa de Santa Catarina

A nova Lei Estadual da Piscicultura atende uma demanda antiga dos pescadores catarinenses, que terão uma norma condiz...