SC define horário de expediente em dias de jogos do Brasil

O governador, Eduardo Pinho Moreira, editou decreto que estabelece o horário de expediente durante os jogos da Seleção Brasileira de Futebol na Copa do Mundo de 2018, válido para as entidades da administração pública direta, autarquias e fundações.

Nos dias úteis em que houver jogo do Brasil às 15h, o horário de expediente será das 8h às 13h30. Nos dias úteis em que o jogo da seleção for às 11h, o expediente será das 14h30 às 19h. E quando a partida ocorrer às 9h em dias úteis, o horário de trabalho dos servidores será das 12h às 19h.

O decreto prevê ainda que o servidor que não puder trabalhar no horário excepcional, por qualquer motivo, deverá cumprir o horário normal de expediente, apresentando justificativa prévia e formalizada à chefia imediata.

As atividades que necessitem de turno especial de trabalho estão excluídas dos horários excepcionais previstos no decreto, cabendo aos titulares de cada órgão a integral preservação e o pleno funcionamento dos serviços considerados essenciais nos dias em que houver jogo da seleção na Copa do Mundo.

O decreto 1.639/2018 foi publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, 13 de junho.

Fonte: ASSESSORIA DE IMPRENSA
A.M

Outras Notícias

Bombeiro sem fronteiras: Criança afogada no RS é salva por Bombeiro Militar de SC

Uma família de Parobé (RS) passava o final de semana em um sítio no município de Caiçara (RS), distante 130Km de São ...

Santa Catarina completa 11 anos como único estado do país livre de febre aftosa sem vacinação

Há 11 anos, Santa Catarina se mantém como único Estado brasileiro livre de febre aftosa sem vacinação. O status sanit...

Leão-baio é capturado depois de invadir casa em Laguna

Um leão-baio foi capturado depois de ter entrado numa casa no bairro Mar Grosso em Laguna, no Sul catarinense, nesta ...

Mesmo já separada, mulher cuidou do marido até sua morte e receberá pensão integral

A 1ª Câmara de Direito Público do TJ condenou o Instituto de Previdência do Município de Mafra a revisar a pensão por...