Merisio foi candidato a governador pelo PSD em 2018. Foto: Luis Debiasi, Divulgação

Gelson Merisio oficializa saída do PSD

Candidato a governador pelo PSD nas eleições do ano passado, o ex-deputado estadual Gelson Merisio oficializou nesta segunda-feira sua desfiliação do partido. Em breve ofício ao vice-presidente estadual da sigla, Antonio Ceron, ele justifica a saída "por motivos de ordem pessoal" e agradece "a oportunidade de disputa do cargo majoritário nas eleições gerais de 2018".

Merisio era o atual presidente do PSD estadual e foi um dos principais líderes na formação do partido, ao lado do ex-governador Raimundo Colombo (PSD), quando os principais nomes do DEM catarinense decidiram aceitar o convite de Gilberto Kassab para criar a nova sigla em 2011. Na Assembleia Legislativa, onde foi presidente por dois mandatos no período, Merisio controlou a maior parte das articulações políticas da siglas e capitaneou o afastamento o PSD e o MDB nas eleições de 2018 - a contragosto de Colombo.

A derrota no segundo turno para Carlos Moisés (PSD), somada à de Colombo na disputa pelo Senado, tornaram a convivência difícil a convivência entre os correligionários. Além disso, a volta de Júlio Garcia (PSD) à Assembleia Legislativa como presidente fortaleceu internamente os adversários de Merisio.

Entre fevereiro e março, esse racha ficou explícito com os rumores de que Kassab interviria em Santa Catarina para destituir Merisio, deixando com Colombo e Garcia o controle da sigla. Na época, o ex-governador negou o pedido de intervenção. Ao seu estilo, Merisio declarou "ele ou Kassab estão mentido", alegando que o presidente nacional havia confirmado o pedido.

Logo após esse confronto, Merisio decidiu deixar o partido, mas vinha costurando nos bastidores a saída junto a seus apoiadores. O destino deve ser o PP.

NSC - Upiara Boschi

Outras Notícias

Ex-prefeita em SC é condenada por usar carro oficial para ir à missa, ao açougue e ao mercado

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) manteve a condenação de Maria Eli Rodrigues de Lima, a Mari, ex-prefei...

TJ/SC mantém condenação de ex-prefeita de Jaborá

A 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ/SC) decidiu manter a condenação de uma ex-prefeita ...

PEC que unifica eleições tem parecer favorável na CCJ

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) apresentada pelo deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB/SC) que unifica as ...

Por seis votos a dois, vereadores aprovam parecer pelo arquivamento do processo de cassação do prefeito Nilvo Dorini

Com o plenário praticamente lotado, a Câmara de Vereadores de Capinzal realizou na noite de terça-feira (09) a primei...