Ex-funcionária do Banco do Brasil em Lindóia do Sul terá de devolver R$ 2,5 mi após desvio de dinheiro de contas de correntistas

Uma mulher foi condenada ao ressarcimento de valores desviados de contas de clientes da agência bancária em que trabalhava, no município de Lindoia do Sul, oeste do Estado. De acordo com a denúncia, o montante subtraído alcançou R$ 826.757,27.

Além de devolver o dinheiro ao banco com correção monetária, ela terá de pagar multa civil estipulada em duas vezes o valor do dano, o que equivale a R$ 1.653.514,54. Somadas as penalidades, a acusada acumula dívida que se aproxima de R$ 2,5 milhões. Ela também ficou proibida de contratar com o poder público por 10 anos.

A condenação, proferida pela juíza Letícia Bodanese Rodegheri, da Vara Única da comarca de Ipumirim, foi pelos atos de improbidade administrativa de enriquecimento ilícito, lesão ao erário e violação aos princípios administrativos – artigos 9º, 10 e 11 da Lei de Improbidade Administrativa – Lei 8.429/92. A mulher admitiu os desvios e disse que se apropriava do dinheiro para cobrir contas pessoais e dívidas da empresa do marido.

De acordo com provas levantadas durante o processo, a acusada era funcionária do antigo Besc e em abril de 2009, quando a administração passou ao Banco do Brasil, foi promovida a gerente de serviços. Há registros de transações indevidas desde janeiro daquele ano até meados de 2016, quando o esquema foi descoberto.

Conforme as investigações, ela fazia empréstimos em nome de clientes, estornava depósitos e ficava com os valores e usava senha de colegas de trabalho para efetuar algumas transações indevidas, além de retirar montantes do cofre do banco. Em depoimento, a mulher disse que tinha esperança de conseguir devolver os valores aos clientes. Cabe recurso ao Tribunal de Justiça.

ATUAL FM

Outras Notícias

Concordiense tem computador invadido durante jogo online e hacker exige dinheiro pra desbloquear conta

Um jovem de Concórdia registrou na Delegacia de Polícia que teve o computador pessoal invadido por um hacker durante ...

Vândalos provocam estragos e tentam atear fogo em Centro Educacional de Peritiba

A Polícia Civil está investigado um ato de vandalismo praticado no Centro Educacional Professor José Arlindo Winter d...

UHE Itá realiza Consultas Públicas de apresentação da revisão do Plano de Uso do Lago

As Consultas Públicas para apresentação e discussão da revisão do Plano Ambiental de Conservação e Uso do Entorno do ...

Morador de Concórdia perde R$ 4 mil no golpe do Whatsapp

Um morador de Concórdia perdeu mais de R$ 4 mil no já conhecido Golpe do Whatsapp. O fato foi registrado na Central d...