Comarca de Concórdia vai para a sala de aula esclarecer dúvidas de jovens estudantes

A comarca de Concórdia, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, encerrou neste mês a edição anual do projeto "Ato Infracional - Aspecto Judicial", consistente na realização de palestras para alunos da rede de ensino com o objetivo de esclarecer os jovens sobre os atos infracionais e suas consequências judiciais. A servidora Fernanda Vivan, oficial da Infância e Juventude, foi responsável pelas abordagens.

O projeto conta com a supervisão do juiz Samuel Andreis, titular da Vara da Família, Órfãos, Sucessões, Infância e Juventude de Concórdia. Neste ano, a partir do segundo semestre, quatro escolas municipais foram visitadas entre as que não puderam ser atendidas em 2016. Os estudantes demonstraram interesse no tema e participaram de forma ativa, com questionamentos e dúvidas respondidas pela servidora do Judiciário. Para 2018, o projeto seguirá com novas palestras nas escolas que não foram atendidas neste ano.

TJSC
A.M

Fotos

Outras Notícias

Inicia a obra de reforma de ponte rodoferroviária em Marcelino Ramos

Marcelino Ramos-RS - Conforme programado, as obras de reforma na ponte rodoferroviária de Marcelino Ramos tiveram iní...

Mais de 33,6 mil eleitores estão aptos a votar na 37ª Zona Eleitoral; Juiz Eleitoral informa os locais de votação que tiveram mudança

No domingo (07) mais de 33 mil eleitores dos municípios de Capinzal, Ouro, Zortéa Piratuba e Ipira irão às urnas para...

Ex-comandante em Seara condenado por improbidade

O ex-comandante do Corpo de Bombeiros de Seara, Gilvan Luís da Silva, foi condenado por improbidade administrativa pe...

Artista esculpe rosto de Cristo em árvore de parque em Chapecó

O artista visual Samuel Pacheco esculpiu o rosto de Jesus Cristo no tronco de uma árvore do Ecoparque de Chapecó. O t...