Justiça nega pedido de trabalho do Deputado João Rodrigues

Decisão da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, tratando do pedido de trabalho externo para o deputado João Rodrigues (PSD), ora sentenciado no regime semiaberto e cumprindo pena no regime fechado, foi pelo indeferimento por parte da Juíza Leila Cury pelo simples entendimento de que o mandato parlamentar não é um trabalho laboral.

Segundo a juíza, o deputado João Rodrigues não preenche os requisitos subjetivos para a concessão do benefício pleiteado, pois a proposta de trabalho (mandato Parlamentar), não atende as condições legais necessárias ao retorno dele ao convívio social regular, já que as prerrogativas legais não podem ser cerceadas ou mitigadas pela Vara de execução penal.

Pelo o entendimento, o parlamentar não pode ser fiscalizado, visto que os agentes da Gerência de Fiscalização não teriam livre acesso à Câmara dos Deputados (Casa do Povo), embora a Casa Legislativa possua mais de 250 câmeras de monitoramento, sistema biométrico de aferição de presença, atas de todas as reuniões que ocorrem, além do comprometimento do parlamentar em cumprir todas as exigências.

Os advogados de defesa do deputado João Rodrigues, no prazo legal, apresentarão Agravo em Execução no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e, também, no Supremo Tribunal Federal (STF).

Foto: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados

Fonte: ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
A.M

Outras Notícias

TSE conclui apuração do 1º turno e registra abstenção de 20,33%

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concluiu às 21h20 de segunda-feira, 8, a apuração dos votos do primeiro turno das...

Candidatos barrados pela Justiça recebem 3,7 milhões de votos

Os candidatos com registro rejeitado pela Justiça Eleitoral mas que ainda têm recursos pendentes nos tribunais region...

Não votou nem justificou no 1º turno? Saiba o que fazer

Os eleitores que não votaram nem justificaram a ausência no 1º turno das Eleições 2018 ainda podem enviar a sua justi...

E-título: saiba como baixar o título digital para votar nestas eleições

Os eleitores que forem votar no próximo domingo (7) poderão usar o e-título, aplicativo de celular que traz a versão ...