Em meio a rumores sobre greve de caminhoneiros, ANTT publicará nova tabela do frete

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informou, por meio de nota divulgada na noite deste sábado (1º), que vai publicar uma nova versão da tabela dos preços dos fretes. O órgão destaca que a medida ocorre em razão à oscilação de 13% no preço do diesel, comparado à planilha de cálculos utilizada na edição da tabela. A Petrobras reajustou os valores do combustível na quinta-feira (30), após 60 dias de congelamento.

Uma das principais reivindicações durante a greve dos caminhoneiros, a tabela do frete entrou em vigor em maio, após o presidente Michel Temer assinar uma medida provisória (MP) em meio à paralisação.

A alteração na tabela já era esperado desde o anúncio do reajuste. A Lei 13.703, sancionada em 8 de agosto, informa que uma nova tabela de preços deve ser publicada toda vez que o diesel variar mais do que 10%.

Desde sua edição, a tabela é alvo de queda de braço entre empresários e caminhoneiros. Em razão do impasse, o caso foi levado até o Supremo Tribunal Federal (STF), onde foi realizada audiência pública nesta semana.

Neste sábado (1º), uma entidade autodenominada União dos Caminhoneiros do Brasil (UDC) enviou um comunicado, publicado por jornais como a Folha de S. Paulo, anunciando que uma nova greve começaria depois do feriado da Independência. Em nota oficial publicada nesta sexta-feira (31), a Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) afirmou que quer marcar uma audiência com a Casa Civil para tratar do assunto.

“A Abcam se mantém vigilante no cumprimento do acordo realizado com o Governo Federal. A Associação, que sempre acreditou no diálogo, fará o possível para evitar uma nova paralisação”, afirma a nota.

Confirma a nota da ANTT na íntegra:

"A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informa que, em cumprimento ao disposto no §3°, do artigo 5°, da Lei 13.703/2018, publicará uma nova versão da tabela de frete devido à oscilação superior a 10% no preço do óleo diesel em relação ao considerado na planilha de cálculos utilizada na Resolução n° 5820/2018. "

Foto: Reprodução Web

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE
A.M

Outras Notícias

Prefeituras têm até 30 de abril para aderir ao Programa Badesc Cidades

As prefeituras interessadas em adquirir financiamento com recursos do Programa Badesc Cidades têm até 30 de abril par...

BC: taxa de pagamento do cartão de crédito chegou a 79% em dezembro

Os consumidores estão mais atentos ao pagamento da fatura do cartão de crédito na data do vencimento. Segundo o Relat...

IPVA 2019: parcelamento em três vezes sem juros termina hoje

Proprietários de veículos com placas que terminam em 4, que optarem por pagar o IPVA em três vezes sem juros, devem q...

Santa Catarina recebe grupo do setor de vestuário que vai gerar 4 mil vagas de emprego

Especializado no segmento de moda premium no Brasil e com várias marcas no portfólio, o Grupo Pasquini dá início às a...