Estúdio terá que indenizar por problemas na entrega de imagens de festa de 15 anos

A 2ª Câmara de Direito Civil do TJ confirmou decisão de primeiro grau e condenou um estúdio de fotografia e filmagem a indenizar mãe e filha por problemas na entrega do material captado em uma festa de 15 anos. Elas deverão ser indenizadas respectivamente em R$ 7 mil e R$ 3 mil.

As autoras alegaram que, depois de negociar por e-mail e telefone, contrataram o serviço de fotografia e filmagem. Contudo, após o evento, o estúdio entregou apenas a filmagem e informou sobre problemas no cartão de memória da máquina fotográfica. As fotos seriam enviadas assim que o problema fosse solucionado, o que aconteceu apenas três meses depois. Além da demora, as autoras perceberam que as fotografias recebidas haviam sido extraídas da filmagem anteriormente entregue.

Em sua defesa, o réu alegou cerceamento a seu direito de defesa e disse que, embora tenha enviado orçamento de fotos e filmagens, as autoras contrataram apenas o segundo serviço, prestado mediante entrega de um DVD no prazo acordado. O estúdio afirmou que só enviou as fotografias a partir do vídeo porque as autoras perderam as imagens da máquina fotográfica que lhes pertencia.

O desembargador João Batista Góes Ulysséa, relator da matéria, considerou que a prova documental apresentada pelas partes e as informações ao longo da demanda foram suficientes para confirmar a contratação do serviço fotográfico, e cópias de mensagens eletrônicas possibilitaram a compreensão da controvérsia. Além disso, "os arquivos não foram integralmente recuperados, motivo pelo qual o réu/recorrente extraiu, da filmagem do evento, algumas imagens estáticas, procurando satisfazer a obrigação contratual, mas sem sucesso", concluiu o magistrado. A votação foi unânime.

TJSC
A.M

Outras Notícias

Bombeiros de SC enviam 3ª equipe para ajudar nas buscas de vítimas da tragédia em Brumadinho

O Corpo de Bombeiros de Santa Catarina envia nesta terça-feira (12) a terceira equipe do estado a Brumadinho, em Mina...

Juíza defere liminar e moradores não estão mais obrigados a construir calçadas em SMOeste

A Juíza da 2ª Vara Cível da Comarca de São Miguel do Oeste, Drª. Aline Mendes de Godoy, deferiu o pedido liminar em a...

Corpo de Bombeiros Militar tem novo Comando-Geral

Os Coronéis BM Edupércio Pratts e Charles Vieira assumiram, na manhã desta quinta-feira, 07, o Comando Geral do Corpo...

Bombeiros de Blumenau entregam 3,4 mil itens de material escolar arrecadados em campanha

O Corpo de Bombeiros de Blumenau entregou na tarde desta quinta-feira os materiais escolares arrecadados na campanha ...