Celulares erram de novo e entram em horário de verão antes da hora

Uma semana atrás, a operadora TIM viu seus usuários acordando mais cedo após uma falha ter ativado o horário de verão nos relógios fornecidos pela rede celular. Agora (início da madrugada do dia 21 de outubro), o problema aconteceu de novo e dessa vez atingindo mais operadoras. Usuários com linhas ativadas em várias operadoras já afirmaram que o relógio dos seus aparelhos foi adiantado em uma hora. Ou seja: o horário de verão foi ativado antes da hora.

Aparentemente, desta vez o problema foi apenas no Android. Não há confirmação, mas há grandes chances de que não haja influência das operadoras - pois o problema estaria ligado à agenda oficial da própria Google.

Até o momento, nenhuma das operadoras e nem a Google se manifestou. Mesmo assim, é certo que nas próximas horas a correção já será realizada e todos vão voltar a ter seus horários marcados corretamente. De todo modo, você pode fazer a alteração manual conforme indicado logo abaixo.

Como corrigir no Android

1. Vá até as configurações
2. Data e Hora
3. Desmarque "Data e hora automáticas"
4. Defina o horário certo (para saber o horário correto em sua região, busque por "hora certa" no Google.)

E quando começa o horário de verão, afinal?

Originalmente programado para o terceiro domingo de outubro (21), neste ano o início do horário de verão foi adiado primeiro para não atrasar a apuração dos resultados do segundo turno das eleições, em 28 de outubro. Assim, a mudança oficial de horário começa no dia 4 de novembro e vai até o terceiro domingo de fevereiro, dia 17.

Foto: TecMundo/Divulgação

Fonte: TECMUNDO
A.M

Outras Notícias

PL sobre abuso de autoridade: Texto deve trazer maior equilíbrio e justiça, afirma jurista

O plenário da Câmara dos Deputados concluiu na última quarta-feira (14) a votação do Projeto de Lei 7.596/17, que def...

Mulher finge sequestro para fugir com amante no interior de SP

Uma mulher foi encontrada na cidade de Porto Feliz (SP), após ter simulado o próprio sequestro para fugir com o amant...

Milhares vão às ruas em protesto pela educação e contra a reforma da Previdência

Milhares de pessoas, entre estudantes, professores e servidores públicos, foram às ruas nesta terça-feira (13) para ...

Para tributarista, cobrar ICMS nas exportações é inviável ante a existência imunidade

Endividados, os estados estão de olho numa forma de aumentar a arrecadação e querem aproveitar a reforma tributária e...