Bebê recebe transfusão e transplante no útero pela 1ª vez

Pela primeira vez na história, uma menina a três meses de nascer recebeu cinco transfusões de sangue e um transplante de células-tronco da medula óssea da mãe diretamente no útero.

O objetivo era tratar de uma doença chamada alfa talassemia, enfermidade hereditária caracterizada pela redução de glóbulos vermelhos e que pode levar ao desenvolvimento de anemia.

O procedimento foi realizado no UCSF Benioff Children's Hospital, em São Francisco, nos Estados Unidos, em fevereiro, mas foi divulgado somente na última sexta-feira (25), após o nascimento da criança.

No entanto, ainda não é possível saber se a doença foi curada.

Se o caso obtiver sucesso, como ressaltado pelo New York Times, a operação poderia marcar um avanço em casos de transplante fetal e no combate à anemia falciforme, hemofilia e a outras doenças hereditárias.

Foto: Getty Images

A.M

Outras Notícias

Pediatras brasileiros criticam investida dos EUA contra amamentação

Após investida dos Estados Unidos para mudar uma resolução da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre defesa e promo...

Comissão da Câmara aprova projeto que flexibiliza uso de agrotóxico

A comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa o Projeto de Lei 6299/02, que trata do registro, fiscalização...

Agentes de saúde de Piratuba participam de capacitação no Hemosc de Joaçaba

Piratuba – Na última semana, a enfermeira Rita de Cássia de Oliveira e 15 agentes comunitárias de saúde de Piratuba p...

Mortes por gripe chegam a 446 em 2018; número dobrou em um ano

O número de mortes relacionadas à gripe dobrou no país em relação aos seis primeiros meses do ano passado. De janeiro...