Chape garante permanência na Série A ao bater o São Paulo, que fica em 5º

A Chapecoense continua no grupo dos clubes que nunca foram rebaixados da Série A para a Série B. Para alegria da torcida que lotou a Arena Condá neste domingo, o time venceu o São Paulo por 1 a 0, gol de Leandro Pereira, e fechou o Brasileiro em 14ª, com 44 pontos.

Já o Tricolor paulista não atingiu o desejado quarto lugar e terá de disputar a fase preliminar da Libertadores de 2019. Como o Grêmio venceu o Corinthians, nem uma vitória seria suficiente para chegar ao G4. Campeão simbólico do primeiro turno com 41 pontos, que deu o Troféu Osmar Santos oferecido pelo LANCE!, o São Paulo somou apenas 22 no returno e encerrou a competição em quinto lugar, com 63 pontos somados.

Cadê a chapada do Nenê?
O São Paulo jogou em ritmo lento no primeiro tempo, mas conseguiu criar duas chances de gol. As duas caíram nos pés de Nenê, que finalizou a primeira sem nenhuma força e a segunda sem nenhuma direção.

A Chape, sem o ímpeto necessário a quem corria risco de rebaixamento, se resumiu à briga de Wellington Paulista com os zagueiros são-paulinos. Ele reclamou de um pênalti (que não houve) no começo do jogo e, já perto do fim da etapa inicial, acertou uma cabeçada na trave de Jean.

Àquela altura, o Grêmio vencia o Corinthians e deixava o São Paulo fora do G4. A Chape se beneficiava da derrota do América-MG para o Flu e do 0 a 0 do Sport com o Santos.

Gol do alívio
O jogo continuou morno no segundo tempo, mas a Chape conseguiu marcar o gol que garantiu a permanência na Série A independentemente de qualquer outro resultado. Aos 22 minutos, Canteros recebeu em impedimento e cruzou para Leandro Pereira marcar de cabeça.

Como o Grêmio continuava vencendo, um gol são-paulino na parte final do jogo não serviria para nada além de rebaixar a Chapecoense, já que o Sport fez 2 a 1 no Santos.

André Jardine até tentou acordar sua equipe com as entradas dos garotos Igor Gomes, Shaylon e Brenner nas vagas dos experientes Nenê, Edimar e Diego Souza, mas o goleiro Jandrei continuou assistindo à partida sem ser incomodado.

Efetivado, Jardine somou duas derrotas, dois empates e só uma vitória nos cinco jogos em que substituiu Diego Aguirre. A missão era o G4... Que o ano que vem seja melhor.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 1 x 0 SÃO PAULO

Local: Arena Condá, Chapecó (SC)
Data/Horário: 2/12/2018, às 17h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
Público e renda: 19.992 torcedores / R$ 331.630,00
Cartões amarelos: Jean, Arboleda, Everton (SAO)
Cartões vermelhos: -

Gol: Leandro Pereira, aos 22'/2ºT (1-0)

CHAPECOENSE: Jandrei, Eduardo, Douglas, Fabrício Bruno e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo, Canteros (Elicarlos - 41'/2ºT) e Diego Torres (Bruno Silva - 23'/2ºT); Leandro Pereira (Osman - 40'/2ºT) e Wellington Paulista. Técnico: Claudinei Oliveira.

SÃO PAULO: Jean, Araruna, Arboleda, Bruno Alves e Edimar (Shaylon - 24'/2ºT); Hudson, Liziero e Nenê (Igor Gomes - 24'/2ºT); Helinho, Everton e Diego Souza (Brenner - 40'/2ºT). Técnico: André Jardine.

LANCE
A.M

Outras Notícias

Linha São Paulo e Veterano A conquistam três pontos na rodada do municipal de campo de Piratuba

Duas partidas marcaram mais uma rodada do campeonato municipal de futebol de campo de Piratuba. Ambas foram disputada...

AARP goleia o Cadi Irani e está classificado na Copa LEOC

Os piratubenses encerraram a participação na primeira fase da Copa LEOC com uma vitória de 5 a 0 contra o Cadi Irani,...

Resenha x Veteranos A e Juventude x Veranos B são as partidas do domingo pelo municipal de campo

A segunda rodada do municipal de campo em Piratuba acontece neste domingo, 24, no estádio da AARP. Ao meio-dia está p...

Rogério Ceni aceita proposta e será o novo técnico do São Paulo

Rogério Ceni será o novo técnico do São Paulo. O nome do ex-goleiro e ídolo do clube se tornou prioridade com a saída...