Principal competição do continente será equiparada aos valores da milionária Copa do Brasil

Conmebol dobra mais uma vez prêmio da Libertadores; campeão vai ganhar R$ 47 milhões em 2019

A Conmebol anunciou uma injeção financeira na Libertadores que vai equiparar o maior torneio do continente aos valores da milionária Copa do Brasil. A premiação, que já tinha dobrado de US$ 3 para US$ 6 milhões de 2017 para 2018, agora passará a ser de US$ 12 milhões, segundo apurou o GloboEsporte.com. Ou seja, o campeão em 2019 vai faturar uma bolada de aproximadamente R$ 47 milhões, bem próximo dos R$ 50 milhões da mais rica competição brasileira.
Atlético-MG, Athletico, Cruzeiro, Flamengo, Grêmio, Internacional, Palmeiras e São Paulo estarão na briga pela premiação recorde a nível sul-americano. Um aumento das cifras já estava previsto a partir do ano que vem, quando a Conmebol passará a receber os valores do novo contrato de transmissão televisiva até 2022. Porém, ainda não estava definido como seria repartida a quantia para os torneios. Presidente da entidade, Alejandro Domínguez irá anunciar oficialmente os novos prêmios à noite, durante o sorteio da Libertadores e da Sul-Americana.

Outra novidade será o aumento do cachê de participação dos brasileiros, uma reivindicação antiga dos clubes, já que o país representa mais de 50% do faturamento da entidade com os torneios que organiza. Na reunião com Alejandro Domínguez, que durou uma hora e meias e contou também com a presença da CBF, os dirigentes explicaram como vai funcionar a redistribuição interna dos valores de cotas de televisão no Brasil a partir de 2019 e ouviram da Conmebol que ela também irá abandonar o modelo de distribuição igualitária entre seus filiados.

Participaram do encontro Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras; Mário Celso Petraglia, presidente do Comitê Deliberativo do Atlético-PR; Benecy Queiroz, supervisor do Cruzeiro; Roberto Melo, vice de futebol do Internacional; Carlos Amodeo, CEO do Grêmio; Luiz Eduardo Baptista, o BAP, vice de relações externas do Flamengo; Fernando Bracalle, diretor adjunto de futebol do São Paulo; além de Rogério Caboclo, Fernando Sarney e Manoel Flores, respectivamente presidente, vice-presidente e diretor de competições da CBF.

Fonte: GloboEsporte
A.M

Outras Notícias

Linha São Paulo e Veterano A conquistam três pontos na rodada do municipal de campo de Piratuba

Duas partidas marcaram mais uma rodada do campeonato municipal de futebol de campo de Piratuba. Ambas foram disputada...

AARP goleia o Cadi Irani e está classificado na Copa LEOC

Os piratubenses encerraram a participação na primeira fase da Copa LEOC com uma vitória de 5 a 0 contra o Cadi Irani,...

Resenha x Veteranos A e Juventude x Veranos B são as partidas do domingo pelo municipal de campo

A segunda rodada do municipal de campo em Piratuba acontece neste domingo, 24, no estádio da AARP. Ao meio-dia está p...

Rogério Ceni aceita proposta e será o novo técnico do São Paulo

Rogério Ceni será o novo técnico do São Paulo. O nome do ex-goleiro e ídolo do clube se tornou prioridade com a saída...