Boo, o cachorro 'mais fofo do mundo', morre aos 12 anos

Boo, cachorrinho conhecido como o 'mais fofo do mundo', morreu na última sexta-feira (18) e comoveu milhares de pessoas nas redes sociais — onde, só no Facebook, tinha mais de 16 milhões de seguidores.

O animalzinho, da raça Lulu da Pomerânia, tinha 12 anos e enfrentava problemas cardíacos, conforme informaram os donos dele em uma publicação na plataforma: "Queridos amigos do Boo, com a mais profunda tristeza quero compartilhar que Boo faleceu durante o sono nesta manhã e nos deixou para encontrar seu melhor amigo, Buddy".

"Nossa família está de coração partido, mas encontramos conforto sabendo que ele não está mais com dor ou sofrendo. Sabemos que Buddy foi o primeiro a cumprimentá-lo do outro lado da ponte do arco-íris, e é provável que os dois estejam mais animados agora do que estiveram em muito tempo", continuou a dona do bichinho.

Buddy era outro Lulu da Pomerânia que pertencia à família, mas morreu em 2017. Juntos, eles conquistavam milhões de 'curtidas' e admiradores na internet.

Os dois cachorrinhos posavam super produzidos para as fotos e pareciam gostar disso.

Em algumas, inclusive, a dupla aparecia em paisagens de cartões postais, como o Parque Nacional do Grand Canyon, no Arizona, Estados Unidos.

Foto: Reprodução


Fonte: R7
A.M

Outras Notícias

Cientistas extraem sangue líquido de cavalo de 42 mil anos de idade encontrado congelado na Sibéria

Os cientistas da região de Iakutsk, na Sibéria, conseguiram extrair amostras de sangue líquido de um potro de 42 mil ...

Os trinta minutos cruciais que impediram a destruição total de Notre-Dame

Os 850 anos de idade da catedral de Notre-Dame foram salvos de uma destruição completa graças a uma janela de tempo d...

Hóspedes dormem em barris de vinho em vinhedos de Portugal

Imagine dormir em um barril de vinho, com vista para a natureza e com todo o conforto? Isso já existe em Portugal. ...

Reino Unido deve exigir passe pornô para acesso a sites adultos em abril

A internet como todo mundo conhece está prestes a mudar na Europa, e não somente por conta da recém-aprovada nova leg...