2,7 milhões para recuperar estradas na região do Alto Uruguai

Prefeitos(as) da região da AMAUC, estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira(28), para as Assembleias conjuntas da Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense (AMAUC) e Consórcio Intermunicipal Multifinálitário do Alto Uruguai Catarinense (Consórcio Lambari). Entre os assuntos abordados, destaque para Projeto RECUPERAR do Governo do Estado, que visa a manutenção das vias estaduais.

O coordenador da Central de Atendimento a Municípios (CAM), Gabriel Arthur Loeft, explicou aos prefeitos (as) sobre a operacionalização do convênio a ser firmado entre o Consórcio Lambari e o Governo do Estado de Santa Catarina. O Projeto RECUPERAR consiste na recuperação da pista, roçada, sinalização e desobstrução da drenagem. O Projeto não incluiu obras estruturantes ou recuperação de estradas em estado precário, pois essa continuará sendo obrigação do Governo do Estado.

“O que o Governo propõe é um novo modelo de gestão para a manutenção das estradas estaduais por meio de cooperação interfederativa. Isso significa que o Estado continua responsável pelo serviço e ainda permite uma participação maior das associações na tomada de decisão”, destaca Gabriel.

A região deve receber o valor de R$ 2.774.577,95, divido em cinco parcelas mensais, a contar da publicação do convênio, para atender um total de 337,20 km de estradas estaduais. “É a primeira vez que iremos recebemos um recurso deste montante para manutenção das nossas rodovias, e acreditamos que se bem gerido, a um médio prazo teremos rodovias estaduais bem estruturadas e com uma trafegabilidade segura”, pondera o presidente do Consórcio Lambari, prefeito de Ipumirim, Volnei Schmidt.

Conforme destacou o Presidente da Amauc, prefeito de Concórdia Rogério Luciano Pacheco, o Consórcio Lambari fará a contratação e ficará responsável pela execução e fiscalização do serviço, em parceria com o Estado que também irá fiscalizará a execução das obras. O próximo passo será reunir os prefeitos e equipes técnicas para elencar as prioridades e a melhor forma de aplicação do recurso. “Iremos aguardar que o Governo nos encaminhe o modelo para cadastramento da proposta de trabalhos, com eleição das prioridades. Tão logo essa etapa seja concluída o recurso será liberado. Acreditamos que até a segunda quinzena de setembro já tenhamos os encaminhamentos licitatórios”.

Com o Projeto Recuperar, o Governo pretende dobrar a aplicação de recursos com manutenção de estradas. A partir do ano que vem, a previsão é que o projeto receba R$ 120 milhões por ano, o que representa um crescimento de 124% em relação aos R$ 53,5 milhões aplicados em 2018 nas rodovias estaduais.

Rádio Rural

Outras Notícias

Governo firma primeiro convênio do Projeto Recuperar para atender 64 municípios

O Governo de Santa Catarina e o Consórcio Intermunicipal Catarinense (Cimcatarina) assinaram, no início da tarde dest...

BRF mantém atividades na região com captação de água em Rancho Grande

A unidade da BRF de Concórdia começou no dia 12 deste mês, a captação de água na Usina Hidrelétrica de Itá, na locali...

Região apresenta normalidade nos primeiros dias do saque do FGTS

As agências da CAIXA da região e os correspondentes lotéricos apresentaram normalidade nos primeiros dias do saque do...

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 100 milhões neste sábado

O concurso 2.188 pode pagar um prêmio de R$ 100 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (h...