​STJ cassa liminar suspendendo ação penal contra Romildo Titon

O ministro Ribeiro Dantas, do Superior Tribunal de Justiça, atendendo pedido do Ministério Público Estadual, cassou a liminar que ele assinou suspendendo a ação penal que tramita no Tribunal de Justiça de Santa Catarina sobre a Operação Fundo do Poço.

O requerimento de suspensão havia sido protocolado pelos advogados Cláudio Gastão da Rosa Filho e Silvia Santos Mansur, em nome do deputado estadual Romildo Titon, do MDB. Com a nova decisão ministerial a ação penal deverá ter tramitação normal no Judiciário Estadual.

O relator fundamenta o pedido sobre fatos novos levados pelo Ministério Público Estadual sobre o enquadramento do deputado Romildo Titon em foro privilegiado por prerrogativa de função.

A operação Fundo do Poço foi deflagrada em 2013 pelo Gaeco e resultou na época no afastamento do deputado Romildo Titon da presidência da Assembleia Legislativa.

O processo tem 20 mil páginas.

Fonte: NSC Total

Outras Notícias

Concórdia mantém três casos de dengue e elevação nos focos do mosquito aedes

A cidade de Concórdia não registrou novos casos de dengue, mas vê os focos para aedes dispararem, segundo números div...

Saúde de Piratuba busca recursos em Brasília

O secretário de saúde de Piratuba, Vanderlei Weber, embarcou nos últimos dias com destino a Brasília para a busca de ...

Homem de Concórdia perde R$ 5 mil após golpista clonar aplicativo do WhatsApp e pedir dinheiro emprestado

Mais um morador da região, dessa vez de Concórdia, perdeu R$ 5 mil ao fazer um depósito bancário atendendo um pedido ...

Bombeiros de Piratuba completa 10 anos de atividades em Piratuba com formatura do CBAE

O Corpo de Bombeiros Militar de Piratuba celebra 10 anos de atividades em Piratuba, com solenidade de formatura do CB...