Manifestantes em apoio ao pacote anticrime e prisão em segunda instância. Imagem: Movimento Vem pra Rua Facebook

Movimento Vem pra Rua instala outdoor em apoio ao pacote anticrime de Moro em Joaçaba

Um outdoor foi colocado na Rua Getúlio Vargas, em Joaçaba, para manifestar apoio ao pacote anticrime do Ministro Moro e a prisão em segunda instância. A iniciativa é do movimento "Vem pra Rua" de Joaçaba, com apoio da sociedade civil.

Segundo publicação em sua página no Facebook, os membros do movimento convidam a população a apoiar o pacote anticrime, proposto pelo Ministro Sergio Moro e enviado para a câmara. A divulgação contém letras que remetem a bandeira do Brasil, com uma foto do Ministro.

O pacote anticrime foi aprovado na Câmara dos Deputados após uma série de modificações por parte dos parlamentares. Com o aval na casa legislativa, o texto agora segue para apreciação e votação no senado. Os principais destaques é o aumento da pena de 30 anos para 40 anos e regras mais rígidas para concessão da progressão de regime.

Já a prisão após segunda instância foi derrubada após votação apertada pelos ministros do STF. Com a decisão da corte, os réus condenados só podem ser presos se esgotados todos os recursos. O senado trabalha em um projeto para retomar a prisão após segunda instância.

Leandro de Souza - Rádio Piratuba FM

Outras Notícias

Mortandade de peixes é registrada no Lago do Rio Uruguai em Marcelino Ramos

A mortandade de peixes no lago do Rio Uruguai em Marcelino Ramos tem preocupado os ribeirinhos, pescadores e a comuni...

Segunda etapa do Garota Piscina Thermas Machadinho

Neste sábado (14), aconteceu mais uma etapa do Garota Piscina 2020. A 2ª etapa classificatória contou com 8 candidata...

Caminhão derruba portal com lombada eletrônica em Concórdia

Um acidente na manhã desta sexta-feira (13) derrubou o portal onde estão instaladas as lombadas eletrônicas na Senado...

Vai ter greve? Lideranças locais descartam paralisação dos caminhoneiros

Circula nos grupos de WhatsApp e em outras redes sociais a informação que haverá nova paralisação dos caminhoneiros n...