Caixa lança linha de financiamento imobiliário com taxa fixa

A CAIXA, líder na concessão de financiamento para casa própria, lança, nesta quinta-feira (20), a linha de crédito imobiliário com taxa fixa. Essa nova alternativa para o cliente possui taxas de juros a partir de 8% ao ano (a.a.). As condições são válidas para imóveis residenciais novos e usados, com quota de financiamento de até 80%. As contratações estarão vigentes a partir desta sexta-feira (21).

“Não estamos mais limitados somente às linhas de crédito imobiliário atualizadas pela TR”, afirma o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães. “Em 2019 inovamos com a linha de crédito atualizada pelo IPCA e agora, com o lançamento do crédito com taxa fixa, estamos revolucionando o mercado imobiliário no país. É uma nova alternativa para o cliente que busca financiar seu imóvel sabendo quanto vai pagar da primeira à última prestação”, esclarece.

O cliente poderá escolher entre os sistemas de amortização SAC, para contratos de até 360 meses, e PRICE, para financiamentos de até 240 meses.

Utilização do FGTS:

Para financiamento de imóveis do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) avaliados em até R$ 1,5 milhão, é possível a utilização dos recursos do FGTS, desde que o cliente se enquadre nas regras do Fundo.

Liderança com recursos SBPE:

Em 2019, a CAIXA concedeu R$ 26,6 bilhões em crédito imobiliário com recursos do SBPE, o que representa um crescimento superior a 100% em comparação com o ano de 2018. Este valor corresponde a mais de 103 mil financiamentos, que impactaram na geração de 97 mil empregos.

Com este resultado a CAIXA retomou a liderança da concessão de crédito imobiliário com recursos da poupança.

Redução das taxas e lançamento do crédito atualizado pelo IPCA em 2019:

Para o crédito imobiliário atualizado pela TR, a CAIXA promoveu quatro reduções de taxa de juros em 2019, acompanhando a queda consistente da SELIC e reduzindo a taxa mínima praticada no SBPE de TR + 8,75% a.a. para TR + 6,50% a.a., o que representa uma queda de 26% com relação à taxa praticada em dezembro de 2018.

Outro marco importante nesse reposicionamento estratégico do crédito imobiliário para pessoa física na CAIXA foi o lançamento, em agosto de 2019, de forma pioneira, da opção de atualização do saldo devedor do crédito imobiliário pelo IPCA, com taxas de juros a partir de 2,95% a.a.

Em 2019, a CAIXA emprestou R$ 90 bilhões no crédito imobiliário. Foram 473,8 mil unidades habitacionais e 760,2 mil novos empregos. Hoje a Caixa possui 70% do mercado imobiliário.

Os clientes podem fazer simulações no site www.caixa.gov.br e, caso decidam pela contratação, devem procurar uma das agências da CAIXA ou correspondentes CAIXA Aqui para realizar a avaliação do crédito.

Assessoria de Imprensa da CAIXA

Outras Notícias

Preço médio do litro da gasolina nos postos cai pela 10ª semana seguida

O preço cobrado pelo litro da gasolina nos postos do Brasil caiu 1,9% e passou a ser vendido por, em média, R$ 4,40. ...

Coronavírus: CAIXA anuncia novas medidas de estímulo à economia brasileira

A CAIXA anuncia nesta quinta-feira (26) uma série de medidas para ajudar a combater o efeito do novo coronavírus na e...

Coronavírus: saiba as regras aprovadas pela Câmara para acessar o auxílio emergencial de R$ 600

A Câmara dos Deputados aprovou na quinta-feira um auxílio emergencial de R$ 600 por mês para trabalhadores autônomos...

As medidas do governo para manter o emprego em meio à pandemia

O governo federal anunciou nos últimos dias diversas medidas para reduzir os efeitos da pandemia de coronavírus na ec...