Júri popular - Homem condenado a mais de 25 anos de prisão pela morte da ex-companheira em Capinzal

Terminou por volta das 21h20min, no plenário da Câmara de Vereadores, a primeira sessão do tribunal do júri da Comarca de Capinzal em 2.020.

Depois de 12 horas de julgamento, Ezequiel dos Santos foi considerado culpado pela morte da ex-companheira Raquel Morozini, a época com 24, e condenado a 25 anos, 04 meses e 10 dias de prisão em regime fechado. O réu foi condenado ao pagamento de R$ 50 mil em forma de indenização a família da vítima.

O crime ocorreu no dia 13 de julho de 2019, em Capinzal, e o corpo foi encontrado quatro dias depois no Rio Uruguai, na divisa entre os municípios de Campos Novos (SC) e Barracão (RS).

Os trabalhos foram presididos pela juíza Mônica Fracari. Na acusação atuou a promotora Francieli Fiorin e na defesa o advogado Uriel Augusto Canalle, auxiliado pelo advogado Jean Franciesco Cardoso Guiraldelli.

A acusação de homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver foram acatadas pelo corpo de jurados.

Avaliação

Em entrevista a Rádio Capinzal, a promotora Francieli Fiorin se mostrou satisfeita com o resultado do julgamento, afirmou que a justiça foi feita e que ainda é possível confiar na justiça dos homens. Já o advogado Jean Franciesco Cardoso Guiraldelli afirmou que recorrerá da decisão ao Tribunal de Justiça de SC no prazo de 05 dias.

Rádio Capinzal

Outras Notícias

Vanderlei Weber assume como vereador pelo período de um mês

O atual suplente de vereador e futuro vice-prefeito de Piratuba, Vanderlei Weber (PSD), assumiu na sessão da terça-fe...

Governador Carlos Moisés anuncia novos nomes para Casa Civil, Comunicação e PGE

Além de anunciar um plano de investimentos em seu retorno ao cargo após a absolvição pelo Tribunal do Impeachment, o ...

Sessão de julgamento de Moisés acontece nesta sexta (27)

No fim da tarde desta quinta-feira (26), o presidente do Tribunal Especial de Julgamento, desembargador Ricardo Roesl...

Deputado Sargento Lima protocola moção de apelo para revisão da matriz de risco na Amauc

O deputado estadual Sargento Lima (PSL) protocolou moção de apelo na Alesc, solicitando ao governo do estado a revisã...