BB anuncia ajustes organizacionais e lança plano para desligamento de funcionários

O Banco do Brasil anunciou na segunda-feira, 11, conjunto de ações com o objetivo de reforçar a competividade, buscando a perenidade dos negócios, a eficiência operacional e o fortalecimento do protagonismo histórico da Instituição frente ao segmento financeiro.

As iniciativas buscam a melhoria da experiência e satisfação do cliente e consideram a transformação digital, o aumento da concorrência e o menor patamar histórico da taxa básica de juros como elementos de destaque.

Reforço na estratégia de atendimento especializado

Com este movimento, o BB dá sequência ao avanço no modelo de especialização do atendimento, que teve sua expansão iniciada em 2017 com a criação de agências e escritórios de negócios digitais.

Desta vez, o BB fará o seu maior movimento de inclusão de clientes no modelo de atendimento personalizado. Serão 1,3 milhão de clientes que passam a contar com gerente de relacionamento exclusivo e ferramentas digitais de interação.

A ferramenta “Fale.Com” é, agora, o canal predominante do modelo dos Escritórios Leves, novo modelo de relacionamento do BB, criado especialmente para proporcionar atendimento personalizado a clientes com maturidade digital, ou seja, aqueles que realizam as transações bancárias e de consumo preferencialmente nos canais digitais, buscando elevar a experiência e a rentabilização deste público.

O BB irá abrir 14 Escritórios Leves Digitais, que se somam aos dois já existentes em Bauru (SP) e Recife (PE). O funcionamento do projeto piloto nesses locais propiciou a ampliação do atendimento gerenciado a quase 200 mil clientes.

Outro foco de investimento acontece no atendimento especializado ao agronegócio. O BB abrirá mais 14 agências Agro, especializadas no segmento em que já é líder, com 63,8% do share de crédito rural no Sistema Financeiro Nacional.

O BB criará ainda uma nova tipologia a ser acrescida a sua rede de unidades de atendimento, a Loja BB, focada em atendimento para realização de negócios com clientes, com terminais recicladores e que não contempla o serviço de guichê de caixa. A implantação ocorrerá em 145 dependências.

Crescimento no atendimento digital

O BB também reforçará suas ações de incentivo ao uso de canais digitais, que já vem crescendo fortemente. Desde 2016, a quantidade de transações em guichês de caixa no BB reduziu 42%, enquanto o uso do mobile praticamente dobrou no mesmo período e já responde por 86% das transações, junto com o internet banking.

Essa tendência não apenas continua como se acentuou fortemente durante a pandemia, antecipando em mais de um ano nossas projeções de uso dos canais digitais.

Desde abril, o App do BB ganhou mais 4,7 milhões de usuários, totalizando 19,4 milhões, com uma média diária de crescimento 273% maior do que o período anterior à pandemia. O atendimento pelo WhatsApp também registrou crescimento expressivo chegando a quase 600 mil atendimentos por dia.

Encerramentos e mudanças de tipologia

O Banco avaliou suas unidades de negócios em relação ao desempenho financeiro de cada ponto, o potencial de negócios, o volume de utilização do ponto pelos clientes, a proximidade com outros pontos do BB e as características dos imóveis. O resultado do estudo levou ao encerramento de pontos, mudanças de tipologia e relocalizações de agências.

As mudanças envolvem adaptações na rede de atendimento em 361 municípios. O BB manterá sua presença em todos eles, seja com outras unidades próprias já existentes, em 221 municípios, seja com correspondentes bancários “Mais BB”, nos demais.

O objetivo foi trazer mais eficiência à rede de atendimento do Banco, propiciando recursos para abertura das unidades de atendimento especializado e buscando melhorar a experiência do cliente.

Comunicação aos clientes

As mudanças nas agências acontecem a partir de 22/02 e serão precedidas de ampla comunicação aos clientes dessas agências em canais diversificados, como SMS, aplicativo para celular, Internet Banking, terminais de autoatendimento, além de correspondências, e-mail marketing e cartazes nas agências.

A mudança de agência é automática. Os clientes não precisam fazer qualquer procedimento adicional e podem manter seus cartões e senhas para transações na nova agência, mesmo que haja alteração no número da conta.

O Banco construiu um hotsite (https://www.bb.com.br/pbb/pagina-inicial/atendimento/novo-atendimento#/) para esclarecer as medidas aos clientes. Em caso de dúvidas, os clientes poderão ser atendidos tanto via WhatsApp – (61) 4001-0001, assim como poderão entrar em contato com a Central de Atendimento 0800 729 5291, de segunda a sexta-feira, das 8 às 20 horas.

Dois programas de incentivo ao desligamento

Como parte das ações, o BB lança dois programas de desligamento incentivado que visam otimizar a distribuição da força de trabalho, equacionando as situações de vagas e excessos nas Unidades do banco, contribuindo para a redução de despesas e para a melhoria da eficiência operacional.

O Programa de Adequação de Quadros (PAQ) tem o objetivo de solucionar os excessos no quadro e, portanto, tem seu público limitado a este contingente. Além da opção de desligamento, o PAQ também incentiva movimentações laterais para unidades onde existam vagas. Já o Programa de Desligamento Extraordinário (PDE) abrange todos os funcionários do Banco que atenderem aos pré-requisitos, sem envolver a necessidade de regularização dos excessos e é específico para o incentivo ao desligamento.

Em ambos os programas, a adesão é voluntária e de caráter pessoal. Os incentivos variam de acordo com as condições estabelecidas por cada programa e pelas condições de cada funcionário. A estimativa do BB, com base na experiência de iniciativas semelhantes já realizadas, é que os dois programas contem com adesões total de cerca de 5 mil funcionários.

Impacto financeiro

A economia líquida anual estimada com despesas administrativas gerada por estes movimentos, exceto o impacto dos planos de desligamento incentivado voluntário, é de R$ 353 milhões em 2021 e R$ 2,7 bilhão até 2025.

O número final de adesões aos planos de desligamento, assim como o respectivo impacto financeiro, serão informados ao mercado após o encerramento dos períodos de adesão, que ocorrerá até 5 de fevereiro.



Destaques

Para Carlos Motta, vice-presidente de Negócios de Varejo do BB, “com mais 1,3 milhão de clientes atendidos no modelo de atendimento especializado por gerentes de relacionamento dedicados, avançaremos de forma importante na melhoria contínua da experiência dos nossos clientes. Isso representa 13% a mais de clientes com essa proposta de valor”.

Motta destaca também o investimento no atendimento especializado a 71 mil produtores rurais com o incremento de mais 276 gerentes de relacionamento para atendimento ao agronegócio. “Estamos amplificando a atuação comercial em 243 municípios brasileiros, o que reforça a competência histórica do BB como o maior Banco do Agro”.

Já o vice-presidente Corporativo do BB, Mauro Neto, ressalta que as medidas anunciadas nesta segunda-feira se somam a outras iniciativas já em andamento no Banco do Brasil, para otimizar despesas e aumentar a ecoeficiência operacional, como a devolução e venda de prédios corporativos, otimização de espaços físicos, medidas de eficiência energética e novo plano de cargos e salários, que trarão R$ 3,3 bilhões de reais em redução de despesas até 2025.

“As ações que anunciamos hoje baseiam-se em captura de eficiência decorrente de investimentos em digitalização, incluindo robotização e inteligência artificial, e na centralização e simplificação de processos de backoffice, que nos permitem realocar mais recursos para a linha de frente de atendimento aos clientes e geração de novos negócios. Estas medidas buscam uma experiência mais leve e dinâmica aos nossos clientes e fortalecem o Banco frente aos desafios presentes e futuros da indústria financeira”, disse Mauro Neto.

Em resumo, as medidas contemplam ganhos de eficiência e otimização em 870 pontos de atendimento:

- Criação de 28 unidades de negócios, sendo 14 agências especializadas no segmento de Agronegócios e 14 Escritórios Leve Digital;

- Transformação de 145 unidades de negócio em Lojas BB;

- Encerramento de 112 agências, 242 Postos de Atendimento (PA) e 7 escritórios;

- Transformação de 243 agências em Postos de Atendimento e de 8 PAs em agências;

- Relocalização de 85 unidades de negócios para locais com compartilhamento de espaço;

- Implantação do Plano de Adequação de Quadros (PAQ), que consiste em um plano de ajuste da força de trabalho do Banco, equalizando situações de vagas e excessos nas dependências. Esses funcionários terão a possibilidade de movimentar-se, com priorização, para vagas existentes em outras unidades ou desligar-se da empresa;

- Implantação do Programa de Desligamento Extraordinário (PDE), em que funcionários que atenderem aos pré-requisitos poderão manifestar interesse de se desligar da empresa, com limite de 5 mil adesões;

- Revisão de dotações em diversas unidades do Banco.

Assessoria de Imprensa - BB

Outras Notícias

Valor do ICMS cobrado no combustível é tema da sessão na Alesc

O valor do ICMS, cobrado pelo estado no preço do combustível será o tema predominante na sessão desta quarta-feira, 1...

Caixa Tem já atende mais de 105mi de brasileiros

A Conta Poupança Social Digital da CAIXA, criada para mais de 105 milhões de brasileiros, continuará aberta e de mane...

BRF promete investimento de 45 milhões em laboratórios nos próximos três anos

A BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, planeja investir cerca de R$ 45 milhões, nos próximos três a...

Caixa paga abono salarial para nascidos em janeiro e fevereiro

Cerca de 3,4 milhões de trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro começam a receber, nesta terça-feira (19), R$ 2...