Ipira prevê quatro fases, modo drive-thru e horário estendido para campanha de vacinação contra o coronavírus

A secretaria municipal de saúde definiu as primeiras diretrizes para a campanha de imunização contra o novo coronavírus no município de Ipira. O documento aborda os insumos, etapas de vacinação e logística para ações e estratégias.

Em um primeiro momento, a campanha de vacinação está dividida em quatro etapas. São elas:

Primeira fase – Trabalhadores da saúde, idosos acima de 75 anos, pessoas com 60 anos de idade ou mais e população indígena;
Segunda fase – Pessoas de 60 a 74 anos;
Terceira fase – Pessoas com comorbidades, tais como: diabetes melitus, hipertensão, doença pulmonar obstrituva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos transplantados de órgão sólido, anemia falciforme, câncer e obesidade grave;
Quarta e última fase – Professores e profissionais das forças de seguranças e salvamento, além dos funcionários do sistema prisional.

O município de Ipira dispõe até o momento de 4000 seringas e agulhas que garantirão o planejamento realizado. A secretaria prevê a chegada destes insumos também pelo Ministério da Saúde, que sinalizou a compra destes materiais de forma exclusiva para a campanha. São 04 vacinadores capacitados na sala de vacina e a estrutura para armazenar vacinas e insumos. Ipira deve estar realizando duas ações de vacinação ao mesmo tempo: contra o novo coronavírus e contra a influenza.

A secretaria definiu também a distribuição da vacina em modos de aplicação distintos: vacinação nos locais de trabalho dos profissionais de saúde, a realização de aplicação em modo drive-thru em local ainda a definir, deslocamento para comunidades do interior e vacinação em domicilio no caso de idosos acamados e institucionalizados.

Outro ponto definido será a extensão do horário de funcionamento da Unidade Básica de Saúde, com disponibilidade ao meio-dia e posto aberto até as 19hrs, especificamente para que a ação não gere aglomeração de pessoas. Há a possibilidade do funcionamento aos sábados, mas isto será definido em conjunto com a equipe.

O governador Carlos Moisés (PSL) prometeu que, entregará as vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde em até 24hrs, em um sistema logístico preparado pela Secretaria Estadual da Saúde. O Governo Federal prevê as primeiras doses sendo aplicadas ainda no mês de janeiro.

Leandro de Souza - Rádio Piratuba FM

Outras Notícias

URGENTE: nota do HSF indica agravamento da situação da Covid e falta de leitos para atender a população

Concórdia – O Hospital São Francisco de Concórdia diante das suas limitações de atendimento de pacientes com Covid-19...

Piratuba e Ipira firmam parceria para adquirir equipamento que irá para o Hospital Beneficente

Piratuba - O município de Piratuba, enviou para a Câmara de vereadores de Piratuba, em regime de urgência urgentíssim...

Piratuba registra a Quarta morte por COVID-19

Piratuba - Na manhã desta 4a Feira, dia 3 de março, o município de Piratuba, através da Secretaria Municipal de Saúde...

Idosa de 71 anos da cidade de Seara é o primeiro caso de chikungunya em 2021 no estado

A DIVE – Diretoria de Vigilância Epidemiológica – confirmou o primeiro caso de chikungunya neste ano no estado. A pac...