Cubanos são resgatados de ilha deserta nas Bahamas depois de mais de 1 mês naufragados

A guarda-costeira dos Estados Unidos resgatou, na terça-feira (9), três cubanos que ficaram naufragados por 33 dias no Cayo de Anguilla, uma pequena ilha deserta nas Bahamas.

Dois homens e uma mulher sobreviveram por mais de um mês em um abrigo improvisado com lonas, e se alimentando principalmente de coco verde, que era coletado na ilha.

Eles foram avistados pedindo ajuda na segunda-feira (8) por uma patrulha de rotina, disseram as autoridades americanas em um comunicado.

Os agentes arremessaram água, comida e um rádio para a comunicação com os náufragos, mas o resgate mesmo, só aconteceu no dia seguinte, por conta das más condições do tempo.

A embarcação em que eles estavam foi afundada por conta do mar revolto, e os três precisaram nadar até a ilha deserta.

Eles foram encaminhados para um hospital da Flórida, e não apresentavam ferimentos graves.

G1

Outras Notícias

Indonésia: submarino desaparecido é encontrado com todos os tripulantes mortos

Foi encontrado, na manhã deste domingo (25), o submarino indonésio que estava desaparecido desde a última quarta-feir...

BRF CONQUISTA CERTIFICADO ZERO WASTE PARA AS FÁBRICAS EM IZMIR E BANDIRMA, NA TURQUIA

A BRF, uma das maiores empresas de alimentos do mundo, obtém certificação internacional Zero Waste, concedido pelo Mi...

Covid-19: começa restrição de voos vindos do Reino Unido

Começa a valer nesta sexta-feira (25) a proibição de entrada no Brasil de voos com origem ou passagem pela Inglaterra...

Eclipse solar poderá ser visto parcialmente no Brasil na próxima segunda-feira

Na tarde da próxima segunda-feira, um eclipse solar total poderá ser observado no Chile, na Argentina e no sul dos oc...