Crédito foto: Luca Gebara

Deputado Fabiano da Luz propõe que empresas paguem apenas 50% do valor de empréstimo concedido por auxílio emergencial


O deputado Fabiano da Luz (PT) apresentou, nesta quarta-feira (28), emenda à Medida Provisória 236/2021 prevendo que microempreendedores individuais paguem 50% do valor total recebido por auxílio emergencial para o enfrentamento dos prejuízos decorrentes da pandemia. Já para os micro e pequenos empreendedores, o deputado propõe o pagamento de 75% da quantia total emprestada.

O início da quitação do montante concedido deve ser feito após o prazo de carência, a ser pago em três anos. A proposta está tramitando na Comissão de Finanças e Tributação da Assembleia.

“Com essa emenda, estamos atendendo a um pedido de empresários de bares e restaurantes. Vimos nessa MP uma forma de contemplar o setor, que está entrando em falência desde o começo da pandemia", afirmou o deputado Fabiano, líder da Bancada do PT na Assembleia.

Segundo a MP, os microempreendedores individuais (MEI) poderão contratar até R$ 10 mil, enquanto os micros e pequenos empreendedores poderão emprestar até R$ 100 mil. A MP é de autoria do governo estadual e estabelece que o valor do subsídio financeiro a ser concedido pelo Poder Executivo está limitado a R$250 milhões para operações de crédito firmadas pelo BADESC e pelo BRDE.

Assessoria

Outras Notícias

Trabalhadores nascidos em março podem sacar auxílio emergencial

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos e...

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 para 2022

O governo federal propôs um salário mínimo de R$ 1.147 para 2022, segundo o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentária...

Deputado Fabiano apresenta PL que institui o Programa Estadual de Renda Básica de Cidadania e de Renda Básica Emergencial

O Brasil tem hoje 14,3 milhões de desempregados e quase 27 milhões de pessoas na extrema pobreza. Diante desse cenári...

Carlos Moisés determina à Fazenda estudo para implantação de auxílio emergencial em Santa Catarina

O governador Carlos Moisés da Silva determinou à Secretaria de Estado da Fazenda a realização de um estudo técnico pa...