Foto - Internet

EUA tem aval para remédio contra Alzheimer

A Food And Drug Administration (FDA), que regula o uso de medicamentos nos EUA, aprovou ontem o remédio Aducanumabe, fabricado pela Biogen Inc. para combater o Alzheimer. A decisão, que causou controvérsias, deve afetar o futuro da pesquisa e do tratamento da doença. Na prática, a FDA está orientando a Biogen a conduzir um estudo pós-aprovação para confirmar que o medicamento de fato funciona.

O Aducanumab visa a remover os depósitos pegajosos de uma proteína chamada beta amilóide dos cérebros de pacientes em estágios iniciais de Alzheimer para evitar a devastação da perda de memória.
Nos meses que antecederam esse anúncio, o Aducanumabe foi objeto de intenso debate entre pesquisadores, pacientes e defensores. A Biogen sustenta que, ao desacelerar a doença, ele dá aos pacientes um tempo valioso para estar com suas famílias e viver suas rotinas. Mas os críticos argumentam que os dados sobre sua eficácia são fracos, inconsistentes, e a aprovação do FDA é uma redução perigosa dos seus padrões habituais de exigência.

A doença de Alzheimer é a sexta causa de morte nos EUA. "Há uma necessidade médica enorme não atendida" de novos tratamentos, disse Billy Dunn, diretor de avaliação de produtos de neurologia do FDA, em uma reunião técnica em novembro.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
A.M

Outras Notícias

Jovem encontra Lamborghini e Ferrari esquecidos na casa dos avós por mais de 20 anos

Encontrar algumas “velharias” na casa dos avós não é incomum. Contudo, se deparar com dois superesportivos italianos ...

Número de mortos por terremoto no Haiti passa de 700

Ao menos 724 pessoas morreram após forte terremoto no Haiti, informaram as autoridades neste domingo (15), atualizand...

Terremoto no Haiti deixa ao menos 227 mortos, segundo balanço preliminar

Ao menos 227 pessoas morreram no Haiti após o terremoto de magnitude 7,2 registrado neste sábado (14), segundo um bal...

Japão bate recorde de casos de Covid pelo 2º dia e amplia estado de emergência a mais 4 regiões

Rua de lojas em Tóquio, no Japão, nesta sexta-feira (30) — Foto: Kantaro Komiya/AP Photo O Japão bateu recorde de ...