Fotos – Colaboradores de Campos Novos no Hemosc de Joaçaba - Divulgação

Encampada pelo Instituto BRF, colaboradores da empresa participam da ação para doação de sangue

Uma das maiores companhias de alimentos do mundo, a BRF estimula constantemente, com apoio do Instituto BRF (IBRF), o voluntariado entre seus colaboradores. E uma iniciativa que vem ganhando cada vez mais adesões, em diferentes unidades, é a doação de sangue aos hemocentros e hospitais locais.

Na Região Sul, por exemplo, em junho, as unidades de Francisco Beltrão e Toledo (PR) reuniram um total de 35 colaboradores que decidiram ajudar a salvar vidas com este gesto. No dia 25, um grupo formado por 15 funcionários da unidade da BRF em Francisco Beltrão, no Sudoeste do Paraná, doaram sangue ao Hemonúcleo (HN) da cidade. Para evitar aglomerações, cada pessoa foi em seu veículo e as doações foram feitas em grupos de quatro pessoas.

No dia 30, em Toledo, no Oeste do Estado, 20 colaboradores da unidade fizeram doações ao Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar). Em Santa Catarina, uma vez por mês, 15 funcionários da unidade de Campos Novos, no Meio-Oeste catarinense, também participam de ação de doação de sangue no Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc) de Joaçaba.
No Rio Grande do Sul, colaboradores voluntários de Marau, no norte do Estado, também fazem doações mensais ao hemocentro regional, e a unidade de Serafina Corrêa já se estrutura para ter um grupo fixo de doadores frequentes.

“A BRF tem uma forte cultura de trabalho voluntário e há unidades da empresa, como a de Capinzal, que articulam grupos de voluntários que fazem doações de sangue regulares há mais de 15 anos. O Instituto BRF busca fortalecer esses grupos, por meio da formação de Comitês de Investimento Social, e proporcionar cada vez mais oportunidades de exercício de solidariedade e a cidadania aos colaboradores da Companhia”, comenta Bárbara Azevedo, gerente do Instituto BRF.

A doação de sangue é uma necessidade constante e ainda maior devido à pandemia, quando se registra significativa redução em todo o País. O chamado Junho Vermelho apenas reforça esta necessidade e o Dia Mundial do Doador de Sangue, em 14 de Junho, foi criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para sensibilizar as pessoas e lembrá-las da importância desse gesto.

Organizadas pelo Instituto BRF, que tem como objetivo promover o desenvolvimento social nas comunidades onde a Companhia atua, as ações de voluntariado da BRF incluem ainda doação de brinquedos, roupas e alimentos. No ano passado, as atividades organizadas pela entidade envolveram cerca de 1.200 participações voluntárias de colaboradores da empresa.

Claudio Thomas

Outras Notícias

Capinzal registra o 52° óbito por Covid-19

Foi divulgado no final da tarde desta terça-feira o boletim de atualização dos números da pandemia em Capinzal. Confo...

Mais de 2,1 mil presos começam a receber treinamento para trabalhar na indústria têxtil

Mais de 2,1 mil apenados começaram nesta segunda-feira (23) a frequentar os cursos profissionalizantes para atuar na ...

Bombeiros Voluntários de Arabutâ e Ipumirim atendem incêndio de grandes proporções.

Nesta quinta-feira (19) um chamado mobilizou as guarnições dos Bombeiros Voluntários de Arabutã e Ipumirim, foi na co...

Bombeiros Militares de Piratuba realizam capacitação de professores e funcionários da rede municipal de ensino prefeitura de Alto Bela Vista

O Corpo de Bombeiro Militar de Piratuba em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Alto Bela Vista realiza...