Chape marca aos 49 do 2º tempo, vence Bragantino de virada e conquista a primeira vitória no Brasileirão

O cronometro marcava 49 minutos do segundo tempo quando os jogadores da Chapecoense, dentro de campo e no banco de reservas, explodiram de alegria. Felicidade mais do que justa. Foi nesse minuto que Anselmo Ramon, de cabeça, marcou o segundo gol da Chape e decretou a vitória de virada por 2 a 1 sobre o Red Bull Bragantino na noite deste sábado, 11, no Nabi Abi Chedid, pela 20ª rodada do Brasileirão. É a primeira vitória da Chape na atual edição do Brasileiro.

O Bragantino abriu o placar com Artur, no primeiro tempo, em pênalti que foi marcado após revisão do VAR. Na etapa final, a Chapecoense empatou com Mike, aos 33 minutos. E nos acréscimos, aos 49, Anselmo Ramon fez o gol da virada.

O volante uruguaio Emiliano Martínez, do Bragantino, estreou pela equipe neste sábado. O atleta de 22 anos, ex-Nacional (URU), apresentou-se ao clube na semana passada e começou a partida contra a Chapecoense como titular.

O resultado, por enquanto, não altera as posições das equipes na tabela. O Bragantino segue na quarta colocação, com 32 pontos. Porém, o Massa Bruta pode ser ultrapassado caso o Flamengo vença o Palmeiras neste domingo. A Chapecoense, agora com dez pontos, continua na 20ª e última colocação.

A distância entre Bragantino e Chapecoense não se refletiu em campo no primeiro tempo. A Chape, na lanterna do campeonato, não ficou apenas recuada e buscou propor o jogo para abrir o placar. O goleiro Cleiton fez algumas defesas que impediram os visitantes de marcar. O Bragantino, com a bola nos pés, procurou jogadas principalmente pela direita, com Artur. Foi dos pés do camisa 7, aliás, que saiu o gol do Massa Bruta. Artur chutou para o gol, a bola tocou na mão de Busanello e foi para linha de fundo. O lance foi revisado pelo VAR e o pênalti foi marcado. Na cobrança, Artur fez. Com esse gol, o equilibrado primeiro tempo terminou com vitória parcial do Braga por 1 a 0.

O ritmo da partida no segundo tempo diminuiu nos primeiros minutos e, consequentemente, as chances claras de gol também ficaram mais escassas. Mas, com o passar do tempo, a Chapecoense foi aumentando o volume de jogo. Aos 23 minutos, os catarinenses tiveram um gol anulado por impedimento. Dez minutos depois, o empate veio. Em cobrança de falta pela direita, a bola foi lançada na área do Bragantino e Mike cabeceou para o gol. Enquanto o Braga seguia sem conseguir aumentar o ritmo, a Chapecoense ainda acertou a bola no travessão, com Anselmo Ramon, aos 40 minutos. Nos acréscimos, aos 49, Anselmo Ramon cabeceou a bola novamente e, desta vez, colocou nas redes. Gol da vitória de virada da Chapecoense.

GE

Outras Notícias

Alívio! Grêmio bate o Ceará e respira na luta para fugir do Z4 do Campeonato Brasileiro

Na manhã deste domingo, o Grêmio recebeu o Ceará em sua Arena e venceu por 2 a 0. Com o placar, o Tricolor chega aos ...

Com dois gols de Michael, Flamengo vence o Palmeiras de virada no Allianz

Apático, o Palmeiras perdeu para o Flamengo por 3 a 1, no Allianz Parque, e viu a distância para o lider Atlético-MG ...

Fluminense vence, fica a um ponto do G6 e deixa o São Paulo próximo ao Z4 do Brasileirão

Depois de um primeiro tempo fraco, Fluminense e São Paulo fizeram boa segunda etapa e os cariocas levaram a melhor, v...

Chapecoense encerra o turno com a pior campanha na história dos pontos corridos no Brasileirão

A derrota por 2 a 1 para o Fluminense na noite desta terça-feira, na Arena Condá, fez a Chapecoense encerrar o turno ...