Pizzaria Casagrande é inundada por duas vezes em menos de seis meses

As chuvas que caíram sobre Piratuba nos últimos meses afetou ao menos por duas vezes uma pizzaria, localizada na Rua Primeiro de Maio, área urbana da cidade. Nos dois momentos, houveram prejuízos volumosos.


A Pizzaria Casagrande já está há mais de 15 anos no mercado, atendendo tanto os clientes locais quanto os turistas. O primeiro evento climático ocorreu no dia 16 de novembro de 2023. Por volta das 10h da manhã, a água começou a entrar, afetando áreas importantes como a cozinha do estabelecimento. Foram prejuízos em geladeiras, móveis, mesas, cadeiras e outros insumos de uso no dia-a-dia. O nível da água chegou a 1.5 metros de altura, atingindo todo o estabelecimento, causando prejuízos incalculáveis em sua totalidade.


Já, no início de maio deste ano, os problemas voltaram a ocorrer. Com o volume das chuvas intensas atingindo Piratuba, o local ficou novamente alagado, retomando os prejuízos aos proprietários. A chuva novamente chegou aos pontos cruciais da pizzaria, atingindo também móveis e utensílios utilizados para a produção das pizzas e das marmitas, comercializadas diariamente.


Durante a vistoria da galeria pelos proprietários da pizzaria, foi identificado um bloqueio considerado ilegal através de uma parede de tijolos, causando um estrangulamento da água, aumentando a sua vazão. Com a comprovação deste problema, os proprietários da pizzaria levaram ao conhecimento do Ministério Público e ao município de Piratuba o fato. O objetivo seria, além da investigação do caso, a desobstrução emergencial da galeria. A obstrução, segundo os proprietários, teria sido feita para beneficiar um terreno próximo, que foi feito um aterro, afetando o caminho natural do córrego riacho.


Os proprietários da pizzaria contam também que, a procura pelo Ministério Público se deu pela preocupação em que novos capítulos ocorressem, causando ainda mais prejuízo, o que se confirmou, já que, como citado no início da matéria, as chuvas voltaram a fazer estragos. Por fim, os proprietários lembram de que, se o caso não for tratado com celeridade, já que o clima vem mudando ano após ano, é possível de que novos estragos atinjam o estabelecimento comercial.

Fotos

Outras Notícias

Desentendimento entre funcionários de empresa de transporte termina com homem esfaqueado em Capinzal

Um desentendimento entre funcionários de uma empresa de transporte de Capinzal resultou em um homem esfaqueado na tar...

Governador Jorginho Mello estará em Capinzal para dar início à licitação da obra da nova Delegacia de Polícia

Está programado para esta sexta-feira, dia 24, às 10 horas, o ato de assinatura para dar início à licitação da obra d...

Administração de Ipira discute com Amauc a construção da ponte do Rio Capelinha

O setor de engenharia do município de Ipira recebeu, no dia 15 de maio, os técnicos da Amauc no objetivo de discutir ...

Lara Colombo é a rainha da festa do agricultor deste ano

Representando a comunidade de Lageado Mariano, Lara Colombo foi escolhida a rainha da festa do agricultor deste ano. ...