Bebê recebe transfusão e transplante no útero pela 1ª vez

Pela primeira vez na história, uma menina a três meses de nascer recebeu cinco transfusões de sangue e um transplante de células-tronco da medula óssea da mãe diretamente no útero.

O objetivo era tratar de uma doença chamada alfa talassemia, enfermidade hereditária caracterizada pela redução de glóbulos vermelhos e que pode levar ao desenvolvimento de anemia.

O procedimento foi realizado no UCSF Benioff Children's Hospital, em São Francisco, nos Estados Unidos, em fevereiro, mas foi divulgado somente na última sexta-feira (25), após o nascimento da criança.

No entanto, ainda não é possível saber se a doença foi curada.

Se o caso obtiver sucesso, como ressaltado pelo New York Times, a operação poderia marcar um avanço em casos de transplante fetal e no combate à anemia falciforme, hemofilia e a outras doenças hereditárias.

Foto: Getty Images

A.M

Outras Notícias

MAIS SAÚDE: PREFEITURA DE PIRATUBA FAZ PARCERIA PARA GARANTIR CIRURGIAS ORTOPÉDICAS

Por: Ernoy Mattiello – ASCOM & MARKETING Já estão definidos cinco novos procedimentos cirúrgicos para pacientes de...

Bombeiros participam de campanha para doação de sangue

Integrantes do Corpo de Bombeiros Militares de Santa Catarina participaram do “Dia D” de doação de sangue em todo o E...

Dive-SC alerta para casos de doenças no verão e dá dicas de como evitar

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive-SC) alerta para as doenças diarreicas no verão. Nest...

SAÚDE INOVA EM PROCEDIMENTO E EXAME DO CÉREBRO TEM TEMPO REDUZIDO PELA METADE

O novo componente que passa a integrar o sistema de testes que avalia a atividade elétrica do cérebro, é comparado a ...