Polícia ambiental resgata onça que se escondeu em lavanderia de casa

A cidade de Xambrê (PR), município que fica a aproximadamente 22 quilômetros de Umuarama (PR), ficou famosa nesta semana devido ao aparecimento de uma onça parda na lavanderia de uma casa na manhã de segunda-feira (06/11). Não houve nenhum incidente e o mamífero foi resgatado com sucesso graças ao trabalho dos policiais militares do Batalhão de Polícia Ambiental Força Verde (BPAmb-FV). O animal foi solto posteriormente no Parque Nacional da Ilha Grande.

De acordo com as informações da 3ª Companhia do batalhão, que atende a região, os policiais militares receberam o chamado de uma moradora que se assuntou ao se deparar com a onça. Juntamente com veterinários, os policiais conseguiram aplicar o sedativo e fazer uma checagem preliminar ainda na casa, verificando que estava em boas condições de saúde, pesava aproximadamente 45 quilos e era uma fêmea. Dezenas de pessoas se aglomeraram no lado de fora da residência para ver de perto a onça.

O animal foi recolhido e após consulta com o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e com o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) foi determinado que o mamífero deveria ser solto no Parque Nacional da Ilha Grande. A operação foi feita com o sucesso no período da tarde do mesmo dia.

Fonte: POLÍCIA MILITAR
A.M

Outras Notícias

Cinco pessoas são presas após denúncias de adulteração de bilhetes da loteria.

Na tarde desta segunda-feira(14), a Polícia Militar de Piratuba fez rondas, localizou e prendeu 5 pessoas suspeitas...

Falsos investigadores são presos depois de denúncia anônima em Coronel Freitas

A Polícia Militar (PM) foi acionada as 10h00 de domingo, dia 06, para atender uma denúncia anônima no bairro Passo da...

SC registra 15 homicídios na primeira semana do ano

A cúpula da Segurança Pública divulgou nesta segunda-feira (7) o primeiro boletim semanal com dados de homicídios e a...

MP de Santa Catarina recebe quatro denúncias contra João de Deus

esde o início da onda de acusações contra João Teixeira de Faria, o João de Deus, o Ministério Público de Santa Catar...