Ivone Schroeder Rogge - Confira a história da primeira mulher vereadora de Piratuba

Era natural de Montenegro, Rio Grande do Sul, onde nasceu aos 19 de agosto de 1921, filha de Rodolfo Schroeder e Carlotta Kayser Schroeder. Em agosto de 1935, veio com seus pais e sua irmã Hedy residir na Vila Rio do Peixe, na época um grande atrativo para os residentes na "colônia velha gaúcha". Ao chegarem à Vila Rio do Peixe, foram trabalhar como ecônomos do Clube União, por coincidência, localizado na frente da casa do jovem alto, magro e loiro que a encantou na estação ao chegarem de trem, provenientes de Maratá, então pertencente ao município de Montenegro (Naquela época era comum que os jovens da Vila Rio do Peixe, por volta das 13h estivessem no pátio da Estação para observarem a passagem dos trens chamados "Direto" - segundas, quartas e sextas feiras, rumo sul, interligando Curitiba e Porto Alegre e às terças, quintas-feiras e sábados, no sentido norte). Depois de três anos, a família transferiu-se para Ipira, passando a residir próximo ao Hospital Boa Esperança, ele trabalhando na agricultura, fornecendo especialmente produtos para a cozinha do hospital e ela dedicando-se aos afazeres domésticos e à costura.

Enquanto residiram na Vila Rio do Peixe, fazia parte do seu grupo de amigas, umas mais próximas e outras apenas de encontros nos bailes e festas, entre outras, Tereza, Orminda e Mariechen Bauermann, Adila Kopp, Ercilda Klein, Alicia Fenner, Ledi Freitag, Lilli e Norma Seckelmann todas também residentes na Vila Rio do Peixe e Nelly Klein, Lorena e Erica Fischer, residentes em Ipira. Especial referência merece a lembrança do Grupo Feminino de Ginástica, coordenado pela Frau Banthel, esposa do pastor da Communidade Evangélica Allemã, cujas atividades eram realizadas no antigo "Grupo Velho".

Casou-se em 05 de abril de 1941 com Alfredo Guilherme Rogge, que a encantara desde sua chegada à nova paragem e tiveram três filhos: Cláudio Victor, nascido em 28 de Outubro de 1941; Mario Walmor, falecido em 16 de Junho de 1943, com apenas 02 meses de idade e Guiomar, nascida em 18 de Março de 1945.

O casal, feliz e faceiro, foi em dezembro de 1954 participar da festa de 15 anos de sua sobrinha Terezinha, em Porto Alegre, de cujo evento, ficou um registro fotográfico que atesta a elegância e status do casal, ele num terno branco e borboleta, ela num belo vestido de renda, também branco.

Com o assassinato de seu esposo, ocorrido no Clube União aos 12 de janeiro de 1955, Ivone assumiu o Cartório Distrital de Piratuba, onde veio a aposentar-se em 1987. Neste trabalho, realizou centenas de casamentos e de registros de nascimento, incontáveis escrituras públicas de compra e venda, além de procurações, contratos e outros serviços do ramo. Foi quando angariou a simpatia e a admiração de toda comunidade piratubense, que via naquela mulher, vítima das tragédias da vida, que lhe roubaram o companheiro quando contava apenas 33 anos de idade, um exemplo a ser admirado. Não se intimidou diante das dificuldades que se lhe apresentaram e procurando melhorar os seus conhecimentos, matriculou-se no Grupo Escolar "Carlos Chagas", onde concluiu com grande esforço o curso ginasial. Dedicou-se com afinco à educação de seus filhos, que estudaram nos melhores colégios.


Vida pública

Sempre participativa na vida social e comunitária, também se dedicou à vida política, onde foi candidata a vereadora em 1977, sendo a mais votada naquela eleição, fato que sempre lhe encheu de justo orgulho. Ocupou o cargo de presidente do Poder Legislativo por seis anos, sempre colaborando com o então prefeito Mario Wolfart, que lhe oportunizou inclusive a ocupar durante suas férias, o cargo de prefeita, quando foi recebida com sua comitiva pelo então Governador Jorge Konder Bornhausen, a quem apresentou suas reivindicações em favor do município de Piratuba. Na época, foi a primeira mulher a ocupar tal cargo no estado de Santa Catarina.

Foram seus colegas no legislativo piratubense Aury Schreiner, Darcy Nelson Hermann, Edevino Senger, Arcílio Henicka, Otemar Lopes Rodrigues e Antonio Willy Backes.

No exercício de seu cargo, representou a Câmara de Vereadores de Piratuba no 15º Congresso Nacional de Vereadores, realizado em Balneário Camboriú em agosto de 1978 e no 26º Congresso Nacional de Vereadores realizado em Recife/PE-1979. Participou também do 8º Encontro Estadual de Vereadores de Santa Catarina realizado em Rio do Sul/1980. Esteve presente na inauguração da Rodovia BR 153 - trecho Concórdia - quando teve oportunidade de cumprimentar o então presidente da república João B. Figueiredo. Também conheceu pessoalmente os governadores Antonio Carlos Konder Reis, Paulo Afonso Vieira e Luiz Henrique da Silveira. Lhe causou especial satisfação ter participado em maio de 2005 do Baile das Debutantes da Melhor Idade, realizado com muita pompa e elegância no Hotel Paraíso. Em 1982, foi candidata à prefeita pela sub-legenda que elegeu Pedro Lucyk. Para homenageá-la, ao ser inaugurado o novo prédio da Câmara de Vereadores - 16 de julho de 2006 - o plenário levou o seu nome por decisão dos integrantes da 15ª Legislatura - 2005/2008.

Participava de todas as atividades sociais de seu tempo, desde o Coral Harmonia; o Grupo Feminino de Bolão, onde se reunia semanalmente com amigas e onde conseguiu várias medalhas por seu desempenho; o Lions Clube, do qual foi fundadora em 1964; a Ordem Auxiliadora das Senhoras Evangélicas - OASE, onde foi inclusive presidente, sendo presença constante nos cultos da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - IECLB. Especialmente, desde 1989, ao ser criado na administração de Eduardo Leopoldo Müller o grupo da terceira idade, passou a contar com sua decidida participação e entusiasmo, sendo sua primeira presidente e que, quando da realização do grande encontro mensal, com a animação de Otto Müller e seus teclados, era uma das mais animadas dançarinas, lembrando que estava sempre acompanhada de um vistoso leque, usado para aplacar o calor das danças.

Em junho de 2000 realizou uma grande aventura. Com com sua filha Guiomar, viajou para Carolina do Norte - USA, onde o neto André Vicente e os bisnetos João Vitor e Juliana residiam. Lá permaneceu por 30 dias, tendo a oportunidade de conhecer Washington, a capital americana e a Casa Branca, onde Bill Clinton, um de seus ídolos, residia.

Faleceu dia 1º de fevereiro de 2006, em sua residência, na companhia dos filhos Cláudio e Guiomar, após ter tido alta no Hospital Santa Terezinha, em Joaçaba, onde esteve internada por problemas cardíacos.


DONA IVONE - como era carinhosamente por todos chamada, foi uma pessoa que deixou saudade entre seus amigos e durante sua vida confeccionou centenas de sapatinhos de lã para distribuir às suas amigas e às clientes do Cartório que, após a gravidez recebiam o presente e muitas os guardam como eterna lembrança. Compensava a falta de estudos com uma imensa força de vontade e desenvolveu uma grande capacidade para conquistar sua clientela e durante seus anos de Tabelionato sempre frequentou com desenvoltura as atividades relacionadas com o Cartório realizadas no Fórum de Capinzal. Ficou a lição de que política é uma arte que não se aprende nos bancos escolares e neste particular, graças ao seu carisma e simpatia, poderíamos considerá-la pós-graduada. Além da alegria de viver, conquistava e conservava seus amigos que sempre lhe prestavam solidariedade e apoio.

Da família de Ivone Schroeder Rogge faziam parte o marido Alfredo Guilherme Rogge, sendo que ambos estão enterrados no Cemitério Municipal de Piratuba e os filhos Cláudio Victor, Mario Valmor e Guiomar, casada com Nestor Milton Ritter (in memorian), que tiveram três filhos: André Vicente Ritter, divorciado e casado em segundas núpcias com Jane Pozza. Do primeiro casamento nasceram dois filhos: João Victor e Juliana; Daltro Enéas Ritter, casado com Priscila Piovesan Ritter, que possuem dois filhos: Betina e Mateus e Angela Ritter, casada com Maurício Luiz Woeltje, também com dois filhos: os gêmeos Letícia e Guilherme.

Claudio Rogge - Jornal Comunidade

Outras Notícias

Colombo receberá título de doutor honoris causa da Universidade do Contestado

O ex-governador de Santa Catarina Raimundo Colombo cumpre agenda no Oeste Catarinense até esta sexta, 29, com reuniõe...

Ex-companheiro perturba mulher e PM faz Boletim de Ocorrência

No final da noite de ontem, 26 de outubro, para o começo da madrugada desta quarta-feira, 27 de outubro, uma mulher r...

Felipe d'Avila visita Florianópolis para discutir projeto liberal do NOVO para 2022

O pré-candidato do Partido NOVO à Presidência, Felipe d'Avila, visita Florianópolis nesta terça-feira, 26, para se en...

Fabrício Mohr é o novo presidente do MDB de Piratuba

O advogado Fabrício Luis Mohr foi eleito o novo presidente da executiva do MDB – Movimento Democrático Brasileiro – d...