Colombo defende redução de impostos para bares e restaurantes

Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais. Os governos de todos esses estados reduziram o imposto de bares e restaurantes para evitar que os empregos fossem perdidos e os negócios fechados. EM SC NÃO. “A redução do imposto é uma medida legal: todos esses estados já fizeram para ajudar o cidadão. Onde falta sensibilidade, sobram desculpas. E dá-lhe imposto no bolso do catarinense”, afirma o ex-governador Raimundo Colombo.

O Governo de SC disse NÃO para a lei que garantia imposto mais baixo, com a desculpa de que estimularia o consumo de bebidas. “E os mercados e os postos de combustível? Ou só em restaurante têm bebidas para vender?”, compara Colombo. A lei equiparava a taxa de ICMS para alimentos e bebidas à aplicada em outros estados: de 7% para 3,2%. O projeto era uma solicitação antiga do setor e foi aprovado pelos deputados estaduais em 2021. Mas agora foi vetado pelo governador.

Segundo dados da Abrasel-SC, mais de 40 mil catarinenses perderam seus empregos no setor de bares e restaurantes, um dos mais castigados pela pandemia. Centenas de bares e restaurantes fecharam. “São pessoas. São catarinenses. A obrigação do Governo de SC é encontrar todas as formas de ajudar. Com a arrecadação batendo recordes, já em função do aumento de outros impostos, é impossível justificar que aqui não”, acrescenta Colombo.

Outras Notícias

Pré-candidatos da região da Amauc declaram, juntos, patrimônio de mais de R$ 6,6 milhões

De acordo com a Justiça Eleitoral, todos os nomes indicados pela região do Alto Uruguai de Santa Catarina declararam,...

Vereador Luiz Gomes propõe a extensão do auxílio alimentação pago aos funcionários públicos

O vereador Luiz Gomes propôs indicação, na sessão de terça-feira (09) para que o município de Piratuba estenda o paga...

Dalirio Beber, do PSDB, será o vice na chapa de Esperidião Amin

Depois de uma longa reunião, a Federação de Partidos decidiu indicar o ex-senador Dalirio Beber, do PSDB de Blumenau,...

MDB vai homologar Mano Cadore no lugar de Zagonel na corrida à Alesc

Com a desistência já anunciada de Closmar Zagonel, o MDB da região de Concórdia vai indicar o nome do ex-vereador Mar...