App brasileiro converte textos impressos em sons para deficientes visuais

O EyeFy é a grande novidade para ajudar as pessoas com deficiências visuais. O app, criado no Brasil, é gratuito e usa inteligência artificial e aprendizado de máquina para identificar as palavras e converter textos em sons, como uma leitura em voz alta. O software pode ajudar também as pessoas não alfabetizadas. As informações são do Canaltech.

A inspiração teria sido um sistema que faz a mesma coisa, a partir de uma câmera acoplada na armação dos óculos, mas que é muito caro — custa R$ 19 mil para ser instalado. O criador do utilitário, Jonathan Santos, queria criar uma iniciativa mais ampla e aberta para todos, então lançou o aplicativo sem cobrança alguma ou uso de publicidade. Nem mesmo é necessário conexão à web para utilizá-lo depois de baixado para o dispositivo móvel.

Para usar o app, é só baixá-lo na Play Store — por enquanto não há versão para iOS — e abrí-lo com a câmera, mirando o texto com o dedo pressionado por alguns segundos. Em seguida, o aparelho deve reconhecer as frases e então “ler em voz alta”.

Vale lembrar também que há atualmente o projeto #PraCegoVer, que busca acessibilidade em redes sociais por meio da audiodescrição de imagens detalhar por meio de palavras. Ambas as iniciativas, juntas, com certeza podem melhorar muito o cotidiano de quem é cego.

FONTE: tecmundo

Outras Notícias

Programa espião que atacou o WhatsApp acessava a câmera dos smartphones

Quem ainda não atualizou o WhatsApp - aplicativo de troca de mensagens instantâneas mais popular do mundo com 1,5 bil...

Chats arquivados no Telegram não vão mais ressuscitar com novas mensagens

O Telegram anunciou diversas novidades em uma atualização lançada na última semana. Usuários do mensageiro agora pode...

Netflix testa sugerir episódios aleatórios de séries no Android

A Netflix está testando uma lista de sugestões na tela inicial com o nome “assista a um episódio aleatório”: basta to...

Corpo de Bombeiros Militar investe em tecnologia e diminui tempo de resposta em ocorrências

Para agilizar o atendimento das ocorrências catarinenses, a Divisão de Tecnologia da Informação (DiTI), do Corpo de B...