Titon participou de audiência no TJ-SC sobre o processo, em 2016 (Foto: Felipe Carneiro)

Justiça marca julgamento do deputado Titon e outros réus da operação Fundo do Poço

O órgão especial do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) julga no dia 6 de novembro o processo da operação Fundo do Poço, que envolve o deputado estadual Romildo Titon (MDB). Ele é um dos 37 réus de uma das ações. Outro processo que tramita no Judiciário foi desmembrado e tem mais acusados. Há também agentes públicos e empresários envolvidos nas investigações. A operação de 2013 apura supostos desvios de recursos públicos na perfuração de poços artesianos em SC.

Alegações

Participam do julgamento 25 desembargadores do TJ-SC. A relatora do processo é Soraya Nunes Lins. Procurado pela coluna, o advogado de Titon, Claudio Gastão da Rosa Filho, disse que espera a rejeição da denúncia, “uma vez que ela não encontra amparo nas provas que foram produzidas nos depoimentos colhidos durante o processo”. Em 2016, durante a audiência de instrução e julgamento, o parlamentar participou dos depoimentos.

NSC Total

Outras Notícias

Tribunal suspende julgamento da operação Fundo do Poço para o dia 18 de novembro

Sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça que analisa o processo criminal relativo a operação Fundo do Poço foi...

Revisão do eleitorado termina em 11 cidades de Santa Catarina na próxima sexta-feira (8)

A revisão do eleitorado com cadastramento biométrico obrigatório encerrará nas cidades de Balneário Rincão, Belmonte,...

TSE cassa vereadores de Santa Catarina por fraude na candidatura de mulheres

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou a candidatura de cinco vereadores de Sombrio, no Sul de Santa Catarina, qu...

Saiba quais regras vão vigorar nas eleições municipais de 2020

Daqui a exatamente um ano, os brasileiros irão às urnas para escolher prefeitos e vereadores. A eleição, marcada para...